DataSenado: brasileiro quer gestão mais eficiente para a saúde

06/10/2011 - 19h35

A saúde pública brasileira tem que melhorar e precisa de uma gestão mais eficiente. Essa é a opinião de 70% dos entrevistados em pesquisa nacional do DataSenado, unidade de pesquisa de opinião do Senado Federal.

De acordo com a pesquisa, o cidadão brasileiro também entende que o governo já tem dinheiro suficiente para melhorar a qualidade da saúde pública. Somente 26% dos entrevistados defendem mais recursos para o setor. Entre esse grupo, apenas 11% aceitariam a volta de um imposto para financiar ações de saúde e 53% são a favor do aumento de impostos sobre cigarros e bebidas alcoólicas. De todos os que responderam à pesquisa, somente 2,95% querem a criação de um novo imposto como a antiga Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).

Veja mais


Esta matéria contém recursos multimídiaInfo | Mais eficiência sem novo imposto

 

O DataSenado também quis saber a opinião de quem usa os serviços de saúde pública. Um total de 34% dos entrevistados disse que não usa, recorrendo apenas aos planos privados, enquanto 65% declararam que recorrem ao atendimento na rede pública. A Região Norte é a que apresenta os maiores índices de satisfação da população com a rede pública de saúde (56%), enquanto a Região Nordeste é a mais crítica: apenas 29% se declaram satisfeitos.

A pesquisa também apurou que 90% da população julgam muito importantes três projetos em tramitação no Senado e que têm relação direta com a saúde: o que pune administradores da saúde pública que não cumprirem com suas obrigações (PLS 190/2009), o que proíbe o fumo em lugares fechados em todo o país (PLS 315/2008) e a proposta que obriga os planos de saúde a cobrirem custos com alguns remédios contra o câncer (PLS 352/2011).

O DataSenado entrevistou 1.290 pessoas, com mais de 16 anos e acesso a telefone fixo, em todos os estados, entre os dias 16 de setembro e 3 de outubro. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais. Para ver a pesquisa completa, clique aqui.

Tércio Ribas Torres / Agência Senado

Notícias

Filha pode trocar de paternidade se achou o pai biológico, diz TJ-RS

VONTADE DO FILHO Paternidade socioafetiva não impede direito à herança de pai biológico 9 de dezembro de 2018, 9h17 Por Jomar Martins Por isso, a 8ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul manteve sentença que deu procedência a uma investigatória que tramita na Comarca de...
Leia mais

Jurisprudência mineira - Apelação cível - Anulatória de aval - Garantia prestada para a consecução da atividade empresarial - Outorga uxória - Dispensável

Jurisprudência mineira - Apelação cível - Anulatória de aval - Garantia prestada para a consecução da atividade empresarial - Outorga uxória - Dispensável Publicado em: 04/12/2018 APELAÇÃO CÍVEL - ANULATÓRIA DE AVAL - GARANTIA PRESTADA PARA A CONSECUÇÃO DA ATIVIDADE EMPRESARIAL - OUTORGA UXÓRIA -...
Leia mais

Judicial ou extrajudicial?

Judicial ou extrajudicial? Gisele Nascimento Consigna ainda que o inventário iniciando judicialmente pode ser convertido em extrajudicial para evitar a demora no procedimento, caso assim, acordem os interessados. sexta-feira, 30 de novembro de 2018 Inventário pode ser definido como uma listagem de...
Leia mais

Os 10 erros de português mais cometidos pelos brasileiros

Os 10 erros de português mais cometidos pelos brasileiros Equipe de linguistas revela equívocos mais comuns em aplicativo de idiomas que ensina português também para nativos. Por BBC 31/03/2018 13h43  Atualizado há 7 meses "Vi no Facebook uma mulher dizendo que casaria com o primeiro homem...
Leia mais

Diminuir população prisional é um desafio, dizem especialistas

CONTINGENTE INJUSTIFICÁVEL Diminuir população prisional é um desafio, dizem especialistas 20 de novembro de 2018, 11h43 Na avaliação do criminalista Sergio Gurgel, a maior dificuldade no que diz respeito à questão da superlotação está na contradição dos discursos demagógicos relacionados à...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados