Jorge Yanai diz que situação da saúde pública no Brasil 'é vergonhosa'

27/05/2010 - 20h51

Jorge Yanai diz que situação da saúde pública no Brasil 'é vergonhosa'

[Foto: senador Jorge Yanai (DEM-MT)]

O senador Jorge Yanai (DEM-MT), que é médico, considerou vergonhosa a situação da saúde pública no país e reclamou mais recursos para o atendimento da população pobre. Para ele, é um desrespeito o governo repassar "apenas 7 reais" aos médicos de hospitais conveniados do Sistema Único de Saúde (SUS) por consulta.

Yanai informou que, no Mato Grosso, uma Comissão Parlamentar de Inquérito divulgou "dados assustadores" sobre a saúde pública, revelando que havia, em novembro do ano passado, 120 mil pessoas à espera de algum atendimento. Desse total, 57 mil esperavam para realizar exames de alta complexidade.

O Programa Saúde da Família, que segundo o senador "teoricamente ajudaria bastante nos atendimentos", também já apresenta vários problemas, como falta de verbas.

- Funcionários contratados para esse programa não recebem pagamento e, no Mato Grosso, muitos estão em greve - lamentou.

O problema, continuou, é a crônica falta de dinheiro - os R$ 60 bilhões que o governo federal repassou ao SUS no ano passado equivalem a menos de 10% do que gasta o governo do Canadá na área de saúde. O senador lembrou que a Emenda Constitucional nº 29, que fixa percentuais que União, estados e municípios devem gastar com saúde, precisa ser regulamentada com rapidez, para que possa ser efetivamente cumprida. A regulamentação encontra-se na Câmara dos Deputados e senador mato-grossense disse que trabalhará por sua votação.

No mesmo discurso, José Yanai disse esperar que haja acordo partidário para que o Senado vote, na próxima semana, o projeto de lei de conversão (PLV 4/10), oriundo da medida provisória (MP 479/09) que reestrutura mais de 50 carreiras do serviço público federal, entre elas a carreira de perito médico previdenciário. O projeto foi aprovado pelos deputados na terça-feira (25).

Da Redação / Agência Senado
 

Notícias

Bem de família é impenhorável se dado em garantia por sócio de empresa

EU VOU SOPRAR, SOPRAR... Bem de família é impenhorável se dado em garantia por sócio de empresa 28 de setembro de 2020, 18h44 Por Tábata Viapiana No entanto, o terceiro juiz, desembargador Alberto Gosson, divergiu do relator. Para ele, não está preenchido o requisito para afastamento da constrição...

Bens alienados fiduciariamente podem ser alvo de busca e apreensão

Bens alienados fiduciariamente podem ser alvo de busca e apreensão De acordo com a decisão, o decreto-lei que permite ao credor ou ao proprietário fiduciário requerer a medida foi recepcionado pela Constituição de 1988. 24/09/2020 17h16 - Atualizado há O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF)...

MP que simplifica assinatura eletrônica é sancionada com vetos

LEI 14.063/20 MP que simplifica assinatura eletrônica é sancionada com vetos 24 de setembro de 2020, 12h22 Por Tiago Angelo A normativa (Lei 14.063/20) prevê a criação de duas modalidades de assinatura: a simples e a avançada. Clique aqui para ler a lei Confira em Consultor Jurídico

Alteração do regime de bens do casamento

Alteração do regime de bens do casamento Marina Aidar de Barros Fagundes Aqui cabe apenas um parêntesis para destacar que casamento celebrado para maiores de 70 anos enseja a aplicação do regime da separação legal, ou separação obrigatória de bens. quarta-feira, 23 de setembro de 2020 Ao se...

Artigo – Estadão – Um cavalo de Troia na LGPD – Por Marcilio Braz Jr.

Artigo – Estadão – Um cavalo de Troia na LGPD – Por Marcilio Braz Jr. Podemos, enfim, comemorar. A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) que regulará o tratamento de dados pessoais, veio, enfim, ao mundo (18/9). Porém ao estabelecer como todos nós poderemos exercer nossos direitos, ela traz em sua...

STJ admite multa preventiva por excesso de peso nas estradas

INSTRUMENTO DE COERÇÃO STJ admite multa preventiva por excesso de peso nas estradas 22 de setembro de 2020, 7h26 Por Danilo Vital Na avaliação do ministro Benedito Gonçalves, no caso, as astreintes foram transformadas em uma forma indireta de agravar a multa administrativa. Confira em Consultor...

Aprovação de recuperação sem aval de credor não vale para todos os casos

VOTO 'CAFÉ COM LEITE' Aprovação de recuperação sem aval de credor não vale para todos os casos 20 de setembro de 2020, 7h18 No caso julgado, o TJ-SP entendeu que o voto pode ser desconsiderado quando este for o único integrante de uma das classes de créditos do processo. Confira em Consultor...