Polícia Militar de MG oferecerá registro de BO pela internet

15.07.2011

Polícia Militar de MG oferecerá registro de boletim de ocorrência pela internet

Sai a burocracia da espera e da papelada e entram o conforto e a agilidade virtual. A internet vai se tornar, em breve, a mais nova aliada da Polícia Militar para facilitar o atendimento ao cidadão e a coleta de dados em Minas Gerais. Em agosto deve ser lançado um serviço on-line que, entre outras novidades, oferecerá ao usuário a possibilidade de registro de um boletim de ocorrência a partir da web, eliminando um procedimento remanescente do século passado que hoje toma horas daqueles que necessitam comunicar formalmente um fato à polícia.

O assunto ainda é tratado com sigilo pela cúpula da PM. O setor de tecnologia da corporação trabalha na fase de conclusão do projeto. Forças de segurança de estados como Rio da Janeiro e São Paulo já atravessaram os portões da era digital e, com base em tais experiências, é possível ter uma noção sobre o que está por vir.

Em Minas, falta, por exemplo, a definição sobre quais crimes serão incluídos nesse sistema e outros detalhes operacionais. Provavelmente, delitos de menor potencial ofensivo, como furtos, ou incidentes como perda de bens materiais e documentos pessoais poderão ser comunicados a distância. Há a expectativa de que o cidadão consiga até mesmo imprimir o boletim de ocorrência a partir do computador de casa. O Estado de Minas apurou que o pacote de avanços tecnológicos irá além dessas possibilidades, mas oficiais se limitam a confirmar que o sistema entra em operação neste semestre.

O único serviço on-line oferecido pelas forças de segurança mineiras é da Polícia Civil. Por ele é possível obter via internet, no site da PC (www.pc.mg.gov.br), atestado de antecedentes criminais. No endereço eletrônico da PC há um link chamado “Delegacia Virtual” que, ao ser clicado, exibe uma mensagem informando: “Você poderá preencher uma pré-ocorrência policial, que será registrada no programa Registro de Eventos de Defesa Social (Reds) e acessada em todas as delegacias de polícia de Minas Gerais”.

Enquanto isso… São Paulo e Rio já têm

Em São Paulo, o internauta dispõe da Delegacia do Cidadão, para comunicar furtos de veículos ou de placas, desaparecimento de pessoas, furto ou perda de documentos, celulares, e acompanhamento do boletim. As alternativas são idênticas no site da Secretaria da Segurança Pública e no portal da Polícia Civil. O documento emitido tem caráter oficial e é exigido o fornecimento de endereço eletrônico. Delito que envolva ameaça à pessoa, como roubo, ou perda de dinheiro e objetos como máquinas fotográficas, deve ser comunicado pessoalmente. Já no endereço da Polícia Militar há o cadastro de ocorrências na capital e boletim de ocorrência de acidentes de trânsito em vias estaduais. No Rio de Janeiro, a Polícia Civil criou a Delegacia de Dedicação Integral ao Cidadão, em bairros como Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca. Ela registra extravio de documentos e denúncias. Funciona como pré-registro e exige a ida a uma delegacia para validar o procedimento, com data pré-agendada via e-mail.

 

Fonte: Estado de Minas

Extraído de DNT

 

Notícias

A fé na justiça dos homens

29/03/2015 - 08:00 ESPECIAL A fé na justiça dos homens Fé é a certeza das coisas que se esperam e a convicção de fatos que não se veem (Hebreus 11:1). A crença religiosa dispensa lógica e razão. Quem crê, crê e pronto. É algo que, teoricamente, não se discute. Um direito fundamental reconhecido...
Leia mais

A Defensoria Pública no novo CPC

A Defensoria Pública no novo CPC Em palestra no 2º Congresso Jurídico Online, professor Gustavo Nogueira comenta o impacto e as inovações trazidas pelo novo código na carreira jurídica de defensor. Publicado por CERS Cursos Online - 4 minutos atrás O impacto do novo Código de Processo Civil nas...
Leia mais

Sancionada licença-maternidade de seis meses para mulheres militares

Sancionada licença-maternidade de seis meses para mulheres militares Da Redação | 26/03/2015, 12h30 Foi sancionada nesta quarta-feira (25) a Lei 13.109/2015, que estende às cerca de 23 mil mulheres militares a possibilidade de licença-maternidade de seis meses, como já é assegurado às...
Leia mais

Do prazo para abertura do inventário

Do prazo para abertura do inventário Quarta, 25 Março 2015 09:19 A abertura da sucessão dá-se com a morte do autor da herança, sendo transmitido aos herdeiros, legítimos e testamentários, o domínio e a posse da herança, nos seus direitos e obrigações (artigos 1.784 a 1.787 do Código Civil). O...
Leia mais

Deputada quer proibir adoção por casal homoafetivo

Deputada quer proibir adoção por casal homoafetivo Em proposta apresentada na Câmara, Júlia Marinho alega que família composta por dois pais ou duas mães “não logra ampla aceitação social” e pode gerar “desgaste psicológico e emocional” na criança adotada. Ex-ministra vê retrocesso POR WILSON LIMA...
Leia mais

Concubina sustentada por mais de 40 anos faz jus a alimentos

Concubina sustentada por mais de 40 anos faz jus a alimentos Publicado em: 24/03/2015 Mesmo na relação de concubinato, faz jus a alimentos a mulher que, por mais de 40 anos, foi sustentada pelo homem, tendo abdicado de sua profissão em razão do relacionamento. O entendimento, proferido pelo...
Leia mais

Bebidas alcoólicas e a nova tipificação do artigo 243 do ECA

Bebidas alcoólicas e a nova tipificação do artigo 243 do ECA Eudes Quintino de Oliveira Júnior e Antonelli Antonio Moreira Secanho "É de bom alvitre ter em mente que a lei, por si só, apesar de seu comando coercitivo, não carrega o condão mágico para solucionar uma prática de muito...
Leia mais

A polêmica do novo tipo de usucapião

A polêmica do novo tipo de usucapião Possibilidade criada na lei do programa Minha Casa, Minha Vida garante, após dois anos, o direito de propriedade para o cônjuge que permanecer no imóvel. Medida desperta críticas Publicado por Jônatas S. Antunes - 2 horas atrás A possibilidade de um dos...
Leia mais

Mudaram as regras do divórcio

Mudaram as regras do divórcio Segunda, 23 Março 2015 09:22 O novo Código de Processo Civil determina que casais que desejam se divorciar tentem uma separação amigável antes de entrar na Justiça - em até uma hora o casamento pode ser desfeito em cartório Sancionado pela presidente Dilma Rousseff...
Leia mais

Artigo 459 do novo Código de Processo Civil acaba com o telefone sem fio

Artigo 459 do novo Código de Processo Civil acaba com o telefone sem fio 20 de março de 2015, 9h44 Por Flávio Pereira Lima O novo Código de Processo Civil (CPC) trouxe profunda alteração na dinâmica das audiências de instrução e julgamento, que exigirá dos advogados muita dedicação e treinamento...
Leia mais

Veto ao novo CPC começa a trancar a pauta a partir de 17 de abril

Veto ao novo Código de Processo Civil começa a trancar a pauta a partir de 17 de abril Da Redação | 20/03/2015, 11h34 - ATUALIZADO EM 20/03/2015, 11h46 O veto parcial ao novo Código de Processo Civil (CPC) começará a trancar a pauta do Congresso a partir de 17 de abril. O comunicado foi lido...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas