Jurisprudência do STJ - Competência - Ação - Reconhecimento - União estável - Pós-morte - Domicílio - Companheira

Trata-se, na origem, de ação de reconhecimento de união estável cumulada com dissolução por morte ajuizada pela recorrida. No REsp, discute-se qual o juízo competente para processar e julgar a referida ação. Segundo a Min. Relatora, analisando o objetivo buscado pelo ordenamento jurídico com o instituto da união estável, nota-se similaridade entre a situação da mulher casada com a condição de companheira; pois, nas duas situações, é possível constatar a inferioridade econômica ou impossibilidade prática de acesso ao Judiciário por dificuldades decorrentes do cuidado com a prole comum, quando há. Assim semelhante à situação da mulher em litígio relativo ao casamento com a mulher em litígio relativo à união estável. A solução aplicada à circunstância normatizada (art. 100, I, do CPC) deve igualmente servir para a fixação da competência na espécie sem legislação específica. Logo, na falta de regulação específica para o foro prevalente quando houver discussão relativa ao reconhecimento da união estável, aplica-se analogicamente o art. 100, I, do CPC, determinando-se o foro da companheira para essas questões. O art. 226, § 3º, da CF confere à união estável o status de entidade familiar, fato que deve orientar o intérprete na aplicação, sempre que possível, de posicionamentos uníssonos para o sistema entidade familiar, o que, no caso, significa adotar a fórmula já preconizada que estabelece o domicílio da mulher como o foro competente para discutir as questões relativas à união estável. REsp 1.145.060-MG, Rel. Min. Nancy Andrighi, julgado em 13/9/2011.


Fonte: Informativo de Jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça - N° 0483

Publicado em 03/10/2011

Extraído de Recivil

Notícias

Tese anunciada pela ministra Cármen Lúcia reconhece multiparentalidade

Tese anunciada pela ministra Cármen Lúcia reconhece multiparentalidade Publicado em: 23/09/2016 A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), anunciou, na tarde desta quinta-feira (22), a tese firmada no julgamento do Recurso Extraordinário (RE) 898060, com repercussão...
Leia mais

Reforma do ensino médio pode trazer mudanças no Enem

Reforma do ensino médio pode trazer mudanças no Enem 22/09/2016 10h56  Brasília Mariana Tokarnia - Repórter da Agência Brasil As mudanças propostas para reformulação do ensino médio podem trazer também um novo modelo para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Com a intenção de flexibilizar...
Leia mais

Justiça do Trabalho não reconhece truck system em supermercado

LIBERDADE GARANTIDA Justiça do Trabalho não reconhece truck system em supermercado 21 de setembro de 2016, 9h28 O supermercado que fornece vale de R$ 50 a seus funcionários para que façam compras no próprio estabelecimento não pratica o chamado truck system. A expressão define o sistema em que o...
Leia mais

MG: Jurisprudência mineira - Ação cominatória - Outorga de escritura - Contrato de promessa de compra e venda de imóvel - Proprietário - Herdeiros firmatários - Transmissão futura – Possibilidade

MG: Jurisprudência mineira - Ação cominatória - Outorga de escritura - Contrato de promessa de compra e venda de imóvel - Proprietário - Herdeiros firmatários - Transmissão futura – Possibilidade Publicado em 20/09/2016 JURISPRUDÊNCIA CÍVEL AÇÃO COMINATÓRIA - OUTORGA DE ESCRITURA - CONTRATO DE...
Leia mais

TJ-SP: Agravo de instrumento – Inventário

TJ-SP: Agravo de instrumento – Inventário Publicado em 20/09/2016 Agravo de Instrumento – Inventário – Decisão que determinou à inventariante o recolhimento do ITCMD – Descabimento – Renúncia da meação pela viúva meeira em favor do monte-mor, com reserva de usufruto – Hipótese de renúncia...
Leia mais

MP que vai a sanção estimula abertura de vagas em creches

MP que vai a sanção estimula abertura de vagas em creches Medida provisória introduz a ideia de pagamentos diferenciados aos municípios que atingirem meta estabelecida. Prioridade é atendimento de crianças de famílias do Bolsa Família, do Benefício de Prestação Continuada ou com deficiência POR...
Leia mais

Companheiro não pode doar mais da metade do patrimônio comum do casal

ANUÊNCIA NECESSÁRIA Companheiro não pode doar mais da metade do patrimônio comum do casal 20 de setembro de 2016, 14h43 Companheiro não pode doar mais da metade do patrimônio comum do casal sem anuência da outra parte. Com esse entendimento, a 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça negou dois...
Leia mais

Diário Oficial publica resolução que altera o Simples Nacional

Diário Oficial publica resolução que altera o Simples Nacional 19/09/2016 12h15  Brasília Da Agência Brasil Resolução publicada hoje (19) no Diário Oficial da União faz alterações no Simples Nacional. O novo texto consolida e organiza dispositivos relativos à composição e ao momento do...
Leia mais

A Lei de Alimentos e o que sobrou dela com o novo CPC (Parte 1)

PROCESSO FAMILIAR A Lei de Alimentos e o que sobrou dela com o novo CPC (Parte 1) 18 de setembro de 2016, 12h01 Por Maria Berenice Dias Além de acanhado o espaço concedido pelo Código de Processo Civil ao Direito das Famílias, poucos foram os avanços. E, em alguns aspectos, ocorreram...
Leia mais

Mediação e conciliação são tema de congresso da OAB/MG

Mediação e conciliação são tema de congresso da OAB/MG Publicado em: 16/09/2016 O I Congresso de Mediação e Conciliação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MG), "Novas Oportunidades na Advocacia", iniciou-se na manhã desta quinta-feira, 15 de setembro. O evento, que conta com o apoio...
Leia mais

Princípio da dignidade humana garante alteração de nome em documento

Princípio da dignidade humana garante alteração de nome em documento Publicado em: 19/09/2016 A alteração do nome em documentos de transexuais é válida por respeitar o princípio da dignidade humana. O entendimento é da juíza Renata Pinto Lima Zanetta, da 2ª Vara de Registros Públicos de São Paulo,...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados