"O Brasil exporta cérebros e importa conhecimento"

14/09/2011 - 14h22

Brasil exporta cientistas e importa conhecimento, afirma Flexa Ribeiro

 

O retrato do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) passou a compor a galeria dos ex-presidentes da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT). A cerimônia de aposição do quadro foi realizada na manhã desta quarta-feira (14), antes da reunião deliberativa da comissão.

Flexa Ribeiro foi o segundo presidente do colegiado, que sucedeu o então senador Wellington Salgado. Atualmente, a CCT é presidida pelo senador Eduardo Braga (PMDB-AM).

Na avaliação de Flexa Ribeiro, o desenvolvimento do Brasil depende de mais investimento em ciência e tecnologia. O senador ressaltou que os cientistas brasileiros não permanecem no país, preferindo trabalhar no exterior. Assim, disse ele, o país precisa trazer conhecimento científico e tecnológico de outros países para implementar seu desenvolvimento.

- O Brasil exporta cérebros e importa conhecimento, disse o senador, defendendo a adoção de medidas para reverter essa situação.

Na avaliação de Eduardo Braga, é preciso investir em comunicação eficiente, uma vez que o Brasil é um país de dimensões continentais. Para ele, educação de qualidade, inovação tecnológica e previdência social equilibrada também são pontos que garantem o desenvolvimento brasileiro e seu prestígio no cenário internacional.

O ministro da Previdência Social, senador licenciado Garibaldi Alves Filho, participou da cerimônia. Ele ressaltou a competência de Flexa Ribeiro em sua atuação no Senado em defesa da Amazônia.

A diversidade da Amazônia é um desafio para os brasileiros, ressaltou o ex-senador João Pedro, chefe da Assessoria Parlamentar do Ministério de Ciência e Tecnologia. Em nome do ministro Aloizio Mercadante, ele disse que o Parlamento tem a "missão" de fazer conhecida essa região, que, conforme observou, é importante para toda a humanidade.

Iara Farias Borges / Agência Senado
 

 

Notícias

Contrato de namoro?

Contrato de namoro? O documento é utilizado para evitar que relação afetiva seja reconhecida como união estável e ocorra partilha de bens 00:00 | 16/12/2018 Vinte contratos de namoro foram registrados no País, em 2018, até o mês de outubro, segundo o Colégio Notarial do Brasil Seção São Paulo...
Leia mais

Filha pode trocar de paternidade se achou o pai biológico, diz TJ-RS

VONTADE DO FILHO Paternidade socioafetiva não impede direito à herança de pai biológico 9 de dezembro de 2018, 9h17 Por Jomar Martins Por isso, a 8ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul manteve sentença que deu procedência a uma investigatória que tramita na Comarca de...
Leia mais

Jurisprudência mineira - Apelação cível - Anulatória de aval - Garantia prestada para a consecução da atividade empresarial - Outorga uxória - Dispensável

Jurisprudência mineira - Apelação cível - Anulatória de aval - Garantia prestada para a consecução da atividade empresarial - Outorga uxória - Dispensável Publicado em: 04/12/2018 APELAÇÃO CÍVEL - ANULATÓRIA DE AVAL - GARANTIA PRESTADA PARA A CONSECUÇÃO DA ATIVIDADE EMPRESARIAL - OUTORGA UXÓRIA -...
Leia mais

Judicial ou extrajudicial?

Judicial ou extrajudicial? Gisele Nascimento Consigna ainda que o inventário iniciando judicialmente pode ser convertido em extrajudicial para evitar a demora no procedimento, caso assim, acordem os interessados. sexta-feira, 30 de novembro de 2018 Inventário pode ser definido como uma listagem de...
Leia mais

Os 10 erros de português mais cometidos pelos brasileiros

Os 10 erros de português mais cometidos pelos brasileiros Equipe de linguistas revela equívocos mais comuns em aplicativo de idiomas que ensina português também para nativos. Por BBC 31/03/2018 13h43  Atualizado há 7 meses "Vi no Facebook uma mulher dizendo que casaria com o primeiro homem...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados