Pesquisa de Clima Organizacional e de Satisfação da Justiça Brasileira

Pesquisa de Clima Organizacional e de Satisfação da Justiça Brasileira

De 1º a 30 de setembro, O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realiza a Pesquisa de Clima Organizacional e de Satisfação da Justiça Brasileira. O objetivo desse levantamento é mapear os desafios do Poder Judiciário, identificados por magistrados, servidores e usuários da justiça.

Fundamentado no diagnóstico revelado pelas respostas aos questionários, o CNJ vai construir soluções para potencializar a dinâmica de trabalho e o alcance da justiça. Participe!

Magistrados e servidores que ainda não estão cadastrados como usuários nos sistemas: Bens Apreendidos; Cadastro Nacional de Crianças Acolhidas; Cadastro Nacional de Adoção; Cadastro Nacional de Adolescentes em Conflito com a Lei; Cadastro de Interceptação Telefônica; Cadastro Nacional de Improbidade Administrativa; Justiça Jovem; Mutirão Carcerário; Metas Nacionais; Gestão de Precatórios; Cadastro Nacional de Entidades Inadimplentes; Justiça em Números; SIAFI-JUD; Resolução nº 107; Resolução nº 88; Questionário de Tecnologia da Informação e Comunicação; e Cadastro Nacional de Inspeções nos Estabelecimentos Penais, devem preencher o formulário de solicitação de acesso à pesquisa aqui


Magistrado, clique no botão abaixo para responder ao seu questionário



Se você é servidor, clique no botão abaixo para responder ao seu questionário



Se você já precisou da justiça, responda às perguntas do seu questionário


 

A Pesquisa de Clima Organizacional e de Satisfação da Justiça Brasileira é uma das iniciativas do CNJ que colabora para o fortalecimento dos compromissos firmados pela justiça. Apoie, divulgue, participe!

Fonte: CNJ
 

Notícias

MEC permite uso de nome social de transexuais no ensino básico

MEC permite uso de nome social de transexuais no ensino básico Publicado em: 19/01/2018 Está permitido pelo MEC o uso de nome social de travestis e transexuais nos registros escolares de ensino básico. Portaria 33, que homologa parecer com a permissão, foi publicada nesta quinta-feira, 18, no...
Leia mais

'Os médicos não deixaram minha irmã morrer em paz'

'Os médicos não deixaram minha irmã morrer em paz' Publicado em: 16/01/2018 Em 2009, Polly Kitzinger sobreviveu a um acidente de carro, mas ficou com sérias lesões cerebrais. A irmã dela, Jenny, diz que Polly não teria desejado ser submetida a tantas intervenções médicas que a permitiram ficar...
Leia mais

A regularização fundiária de condomínios e ranchos de lazer

A regularização fundiária de condomínios e ranchos de lazer 15 de janeiro de 2018, 8h00 Por Ivan Carneiro Castanheiro e Andreia Mara de Oliveira Núcleo urbano informal, segundo artigo 11 da Lei 13.465 de 11 de julho de 2017, é o assentamento clandestino, irregular ou no qual não foi possível...
Leia mais

COMPRADOR DEVE TRANSFERIR VEÍCULO ADQUIRIDO PARA SEU NOME

COMPRADOR DEVE TRANSFERIR VEÍCULO ADQUIRIDO PARA SEU NOME SOB PENA DE TER QUE INDENIZAR por AF — publicado em 11/01/2018 18:57 A juíza da 6ª Vara Cível De Brasília condenou o comprador de uma motocicleta a pagar R$ 5 mil a título de danos morais ao vendedor, por não ter providenciado a...
Leia mais

Condenados podem passar a arcar com o custo da tornozeleira

09/01/2018 - 09h01 Proposta determina que condenado pagará pelo custo de tornozeleira eletrônica A Câmara analisa proposta para que condenados monitorados eletronicamente podem passar a arcar com o custo da tornozeleira. O texto (PL 8806/17), do senador Paulo Bauer (PSDB-SC), altera a...
Leia mais

Uso de criptomoedas é possível em operações societárias

Uso de criptomoedas é possível em operações societárias 8 de janeiro de 2018, 7h00 Por Thiago Vasconcellos O ineditismo do tema descortina uma série de oportunidades e questionamentos, especialmente na esfera jurídica. Uma pergunta interessante diz respeito à possibilidade (e os efeitos daí...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados