Adoção de providências parlamentares

14/01/2011 - 11h45

 

Sarney reúne Comissão Representativa para examinar situação do Rio de Janeiro

[Foto:]

Em consenso com o presidente da Câmara, Marco Maia, o presidente do Senado e do Congresso Nacional, José Sarney, convocou para 20 de janeiro, às 10h, reunião da Comissão RepresentativaEntenda o assunto do Congresso para discutir a adoção de providências parlamentares capazes de ajudar o Rio de Janeiro a enfrentar a destruição causada pelas chuvas. Em nota divulgada na quinta-feira (13), Sarney manifestou solidariedade às vítimas das enchentes.

A decisão foi tomada no momento em que a presidente Dilma Rousseff envia ao parlamento a primeira medida provisória do seu governo (MP 522/11). Nessa iniciativa, ela liberou R$ 780 milhões em favor dos ministérios dos Transportes e da Integração Nacional para a execução de obras emergenciais, a maioria delas no Rio de Janeiro, onde já foram registradas mais de 500 mortes.

Uma das providências da Comissão Representativa deve ser examinar a MP 522/11. Além disso, a pedido da senadora Marina Silva (PV-AC), devem ser debatidas outras providências para minimizar os efeitos das chuvas.

No ano passado, no dia 25 de janeiro, outra tragédia motivou a convocação da Comissão Representativa: o terremoto do Haiti, que matou mais de 200 mil pessoas, entre as quais 22 brasileiros. Convocada também por Sarney, a comissão aprovou mensagem do governo que solicitava o envio de mais 1.300 militares brasileiros para o Haiti. Eles se somariam a outros 1.300 militares que já se encontravam naquele país. Novecentos militares seriam enviados imediatamente e 400 ficariam de prontidão. Desde o terremoto, o contingente brasileiro vem atuando na segurança; distribuição de água e alimentos; atendimento a feridos e desabrigados; e, com o fim oficial da procura por sobreviventes, na reconstrução do país.

Formada por oito senadores e 17 deputados, a Comissão Representativa do Congresso tem a responsabilidade de deliberar sobre assuntos urgentes que requerem o exame do Legislativo durante o recesso parlamentar, que vai de 23 de dezembro a 31 de janeiro. Segue a lista dos integrantes da Comissão:

Senadores titulares: Suplentes:
 
José Sarney (PMDB-AP) Adelmir Santana (DEM-DF)
Demóstenes Torres (DEM-GO) Lúcia Vânia (PSDB-GO)
Alvaro Dias (PSDB-PR) Valdir Raupp (PMDB-RO)
Renan Calheiros (PMDB-AL) Romero Jucá (PMDB-RR)
Eduardo Suplicy (PT-SP) João Ribeiro (PR-TO)
Gim Argello (PTB-DF) Epitácio Cafeteira (PTB-MA)
Cristovam Buarque (PDT-DF) Acir Gurgacz (PDT-RO)
José Nery (PSOL-PA)  Mão Santa (PSC-PI) 
 
Deputados titulares: Suplentes:
 
Alberto Fraga (DEM-DF) Duarte Nogueira (PSDB-SP)
Arnaldo Jardim (PPS-SP) George Hilton (PRB-MG)
Cleber Verde (PRB-MA) Guilherme Campos (DEM-SP)
Dr. Paulo César (PR-RJ) Hugo Leal (PSC-RJ)
Eduardo Gomes (PSDB-TO) Jorge Khoury (DEM-BA)
Eduardo Valverde (PT-RO) Jovair Arantes (PTB-GO)
Fernando Marroni (PT-RS) Leandro Vilela (PMDB-GO)
Geraldo Resende (PMDB-MS) Mauro Lopes (PMDB-MG)
João Almeida (PSDB-BA) Nelson Meurer (PP-PR)
José Carlos Aleluia (DEM-BA) Raul Jungmann (PPS-PE)
Manato (PDT-ES) Rogério Marinho (PSDB-RN)
Márcio Reinaldo Moreira (PP-MG) Rubens Otoni (PT-GO)
Marco Maia (PT-RS) Virgílio Guimarães (PT-MG)
Mauro Benevides (PMDB-CE) Zezéu Ribeiro (PT-BA
Paes Landim (PTB-PI)  
Pedro Chaves (PMDB-GO)
Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) 
Teresa Cardoso / Agência Senado
 

Notícias

Previdência para amantes: descalabro jurídico

Previdência para amantes: descalabro jurídico          Regina Beatriz Tavares da Silva* 17 Janeiro 2019 | 06h00 Em vários artigos anteriores (como aqui, aqui e aqui) já salientei a importância do julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF) dos Recursos...
Leia mais

Artigo – É meu, seu ou nosso? – Por Marcia Dessen

Artigo – É meu, seu ou nosso? – Por Marcia Dessen Evite conflitos e escolha, antes de casar, o regime da comunhão de bens Nem sempre um casal decide e planeja o casamento. Muitas vezes, acontece aos poucos, e, de repente, estão casados ou vivendo em união estável. Independentemente da forma ou da...
Leia mais

O divórcio do homem mais rico do mundo e o pacto antenupcial

O divórcio do homem mais rico do mundo e o pacto antenupcial          Lucas Marshall Santos Amaral 11 Janeiro 2019 | 04h00 Jeff Bezos e MacKenzie Bezos estão casados há 25 anos. Foi nesse período que ele se tornou o homem mais rico do mundo. Porém, a vida de...
Leia mais

Afeto como elemento basilar da relação familiar

Afeto como elemento basilar da relação familiar    10/01/19 ÀS 00:00 André Vieira Saraiva de Medeiros A família sofreu inúmeras modificações ao longo dos anos e – por consequência do processo evolutivo – a concepção de parentalidade foi extensivamente alterada, sob influência direta da...
Leia mais

A opção extrajudicial de recuperação de empresas

A opção extrajudicial de recuperação de empresas 7 de janeiro de 2019, 6h24 Por Murilo Aires Na recuperação extrajudicial não há intervenção do Ministério Público, nomeação de administrador judicial nem mesmo prazo mínimo de dois anos de supervisão judicial. Confira em Consultor Jurídico
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados