Adoção de providências parlamentares

14/01/2011 - 11h45

 

Sarney reúne Comissão Representativa para examinar situação do Rio de Janeiro

[Foto:]

Em consenso com o presidente da Câmara, Marco Maia, o presidente do Senado e do Congresso Nacional, José Sarney, convocou para 20 de janeiro, às 10h, reunião da Comissão RepresentativaEntenda o assunto do Congresso para discutir a adoção de providências parlamentares capazes de ajudar o Rio de Janeiro a enfrentar a destruição causada pelas chuvas. Em nota divulgada na quinta-feira (13), Sarney manifestou solidariedade às vítimas das enchentes.

A decisão foi tomada no momento em que a presidente Dilma Rousseff envia ao parlamento a primeira medida provisória do seu governo (MP 522/11). Nessa iniciativa, ela liberou R$ 780 milhões em favor dos ministérios dos Transportes e da Integração Nacional para a execução de obras emergenciais, a maioria delas no Rio de Janeiro, onde já foram registradas mais de 500 mortes.

Uma das providências da Comissão Representativa deve ser examinar a MP 522/11. Além disso, a pedido da senadora Marina Silva (PV-AC), devem ser debatidas outras providências para minimizar os efeitos das chuvas.

No ano passado, no dia 25 de janeiro, outra tragédia motivou a convocação da Comissão Representativa: o terremoto do Haiti, que matou mais de 200 mil pessoas, entre as quais 22 brasileiros. Convocada também por Sarney, a comissão aprovou mensagem do governo que solicitava o envio de mais 1.300 militares brasileiros para o Haiti. Eles se somariam a outros 1.300 militares que já se encontravam naquele país. Novecentos militares seriam enviados imediatamente e 400 ficariam de prontidão. Desde o terremoto, o contingente brasileiro vem atuando na segurança; distribuição de água e alimentos; atendimento a feridos e desabrigados; e, com o fim oficial da procura por sobreviventes, na reconstrução do país.

Formada por oito senadores e 17 deputados, a Comissão Representativa do Congresso tem a responsabilidade de deliberar sobre assuntos urgentes que requerem o exame do Legislativo durante o recesso parlamentar, que vai de 23 de dezembro a 31 de janeiro. Segue a lista dos integrantes da Comissão:

Senadores titulares: Suplentes:
 
José Sarney (PMDB-AP) Adelmir Santana (DEM-DF)
Demóstenes Torres (DEM-GO) Lúcia Vânia (PSDB-GO)
Alvaro Dias (PSDB-PR) Valdir Raupp (PMDB-RO)
Renan Calheiros (PMDB-AL) Romero Jucá (PMDB-RR)
Eduardo Suplicy (PT-SP) João Ribeiro (PR-TO)
Gim Argello (PTB-DF) Epitácio Cafeteira (PTB-MA)
Cristovam Buarque (PDT-DF) Acir Gurgacz (PDT-RO)
José Nery (PSOL-PA)  Mão Santa (PSC-PI) 
 
Deputados titulares: Suplentes:
 
Alberto Fraga (DEM-DF) Duarte Nogueira (PSDB-SP)
Arnaldo Jardim (PPS-SP) George Hilton (PRB-MG)
Cleber Verde (PRB-MA) Guilherme Campos (DEM-SP)
Dr. Paulo César (PR-RJ) Hugo Leal (PSC-RJ)
Eduardo Gomes (PSDB-TO) Jorge Khoury (DEM-BA)
Eduardo Valverde (PT-RO) Jovair Arantes (PTB-GO)
Fernando Marroni (PT-RS) Leandro Vilela (PMDB-GO)
Geraldo Resende (PMDB-MS) Mauro Lopes (PMDB-MG)
João Almeida (PSDB-BA) Nelson Meurer (PP-PR)
José Carlos Aleluia (DEM-BA) Raul Jungmann (PPS-PE)
Manato (PDT-ES) Rogério Marinho (PSDB-RN)
Márcio Reinaldo Moreira (PP-MG) Rubens Otoni (PT-GO)
Marco Maia (PT-RS) Virgílio Guimarães (PT-MG)
Mauro Benevides (PMDB-CE) Zezéu Ribeiro (PT-BA
Paes Landim (PTB-PI)  
Pedro Chaves (PMDB-GO)
Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) 
Teresa Cardoso / Agência Senado
 

Notícias

Execução de alimentos antiga não deixa de ser urgente, decide STJ

PENSÃO ALIMENTÍCIA Execução de alimentos antiga não deixa de ser urgente, decide STJ 13 de novembro de 2018, 16h56 Por Gabriela Coelho “A dispensa inicial de alimentos pela convivente não invalida o acordo que fora entabulado entre as partes posteriormente". Leia em Consultor Jurídico
Leia mais

JURISTAS: GUARDA COMPARTILHADA - COMO TORNAR O PROCESSO MENOS DOLOROSO

JURISTAS: GUARDA COMPARTILHADA - COMO TORNAR O PROCESSO MENOS DOLOROSO Publicado em: 12/11/2018 Um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com dados colhidos entre 1984 e 2016 indica que, no Brasil, um em cada três casamentos resulta em divórcio. E na maioria das...
Leia mais

Contratos de namoro qualificado, namoro qualificado e união estável

Postado em 08 de Novembro de 2018 - 15:31 Contratos de namoro qualificado, namoro qualificado e união estável Por conta do entendimento de que o núcleo de afeto permite o reconhecimento de uma união familiar, pessoas tem, de modo cada vez mais frequente entabulado contratos de namoro, de namoro...
Leia mais

Ameaça espiritual serve para configurar crime de extorsão

DECISÃO 09/03/2017 08:42 Ameaça espiritual serve para configurar crime de extorsão Em decisão unânime, a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) considerou que a ameaça de emprego de forças espirituais para constranger alguém a entregar dinheiro é apta a caracterizar o...
Leia mais

O sobrenome do enteado

O sobrenome do enteado          Regina Beatriz Tavares da Silva* 08 Novembro 2018 | 05h00 Em 2009, a Lei 11.924/09, também conhecida com Lei Clodovil por ser de autoria de famoso costureiro, que também foi deputado, alterou a Lei dos Registros Públicos, dando a...
Leia mais

Argentina concede certidão de nascimento sem menção de sexo

Argentina concede certidão de nascimento sem menção de sexo Publicado em: 07/11/2018 Pela primeira vez na Argentina uma pessoa obteve sua certidão de nascimento, da qual deriva toda a documentação restante, sem qualquer menção de sexo, conforme a Lei de Identidade de Gênero aprovada em 2012 no...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados