Brasil sem Miséria vai mostrar que é possível sair da pobreza com ações concretas, diz presidenta

Brasil sem Miséria vai mostrar que é possível sair da pobreza com ações concretas, diz presidenta

13/06/2011 - 8h04
Política
Paula Laboissière
Repórter da Agência Brasil

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff afirmou hoje (13) que o Plano Brasil sem Miséria vai mostrar que é possível sair da pobreza por meio de ações concretas, como empréstimos, cursos de capacitação e formação de cooperativas.

No programa semanal Café com a Presidenta, ela lembrou que o problema da miséria nos grandes centros urbanos envolve situações como a falta de capacitação e a má remuneração dos profissionais. Para tentar mudar esse quadro, a estratégia do governo será oferecer cursos para cerca de 1,7 milhões de jovens e adultos.

Outra medida a ser implementada nas cidades brasileiras é a inclusão de trabalhadores nas estatísticas nacionais, já que muitos não têm endereço ou mesmo documentos como a certidão de nascimento.

“Vamos também apoiar as prefeituras para implantar programas de coleta seletiva, com a participação dos catadores. Com cursos e treinamento, vamos capacitar milhares de catadores e fortalecer a participação na coleta seletiva de mais de 200 mil trabalhadores até 2014”, disse.

O Plano Brasil sem Miséria, de acordo com a presidenta, deve contar também com a participação de empresas como as redes de supermercado que, segundo ela, se comprometeram a contratar pessoas que recebem o Bolsa Família como caixas, empacotadores e auxiliares.

Há ainda um acordo sendo finalizado com o setor para que os estabelecimentos comprem e revendam alimentos provenientes da agricultura familiar.

Edição: Talita Cavalcante
Agência Brasil

 

Notícias

MP que simplifica assinatura eletrônica é sancionada com vetos

LEI 14.063/20 MP que simplifica assinatura eletrônica é sancionada com vetos 24 de setembro de 2020, 12h22 Por Tiago Angelo A normativa (Lei 14.063/20) prevê a criação de duas modalidades de assinatura: a simples e a avançada. Clique aqui para ler a lei Confira em Consultor Jurídico

Alteração do regime de bens do casamento

Alteração do regime de bens do casamento Marina Aidar de Barros Fagundes Aqui cabe apenas um parêntesis para destacar que casamento celebrado para maiores de 70 anos enseja a aplicação do regime da separação legal, ou separação obrigatória de bens. quarta-feira, 23 de setembro de 2020 Ao se...

Artigo – Estadão – Um cavalo de Troia na LGPD – Por Marcilio Braz Jr.

Artigo – Estadão – Um cavalo de Troia na LGPD – Por Marcilio Braz Jr. Podemos, enfim, comemorar. A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) que regulará o tratamento de dados pessoais, veio, enfim, ao mundo (18/9). Porém ao estabelecer como todos nós poderemos exercer nossos direitos, ela traz em sua...

STJ admite multa preventiva por excesso de peso nas estradas

INSTRUMENTO DE COERÇÃO STJ admite multa preventiva por excesso de peso nas estradas 22 de setembro de 2020, 7h26 Por Danilo Vital Na avaliação do ministro Benedito Gonçalves, no caso, as astreintes foram transformadas em uma forma indireta de agravar a multa administrativa. Confira em Consultor...

Aprovação de recuperação sem aval de credor não vale para todos os casos

VOTO 'CAFÉ COM LEITE' Aprovação de recuperação sem aval de credor não vale para todos os casos 20 de setembro de 2020, 7h18 No caso julgado, o TJ-SP entendeu que o voto pode ser desconsiderado quando este for o único integrante de uma das classes de créditos do processo. Confira em Consultor...

Artigo – Estadão – O potencial litigioso da LGPD – Por Evelyn Weck

Artigo – Estadão – O potencial litigioso da LGPD – Por Evelyn Weck Contrariando as expectativas daqueles que acreditavam que a Lei 13 709/2018 (LGPD) teria vigência a partir de janeiro de 2021, o atual cenário indica que a entrada em vigor acontecerá nos próximos dias. Do ponto de vista do titular...