Brasil e Suécia querem ampliar parceria em biocombustíveis e defendem desarmamento nuclear

Brasil e Suécia querem ampliar parceria em biocombustíveis e defendem desarmamento nuclear

17/05/2011 - 14h42
Internacional
Yara Aquino
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Após se reunir na manhã de hoje (16) com o primeiro-ministro da Suécia, Fredrik Reinfeldt, a presidenta Dilma Rousseff afirmou que o Brasil deseja que os conflitos no Oriente Médio e no Norte da África sejam resolvidos por meio do diálogo e da negociação. Os conflitos foram um dos temas da conversa entre os dois chefes de governo.

“O Brasil espera que a comunidade internacional ajude os países da região por meio do diálogo, da negociação, com estrito respeito à soberania nacional, às liberdades civis e aos direitos humanos, sendo necessário respeitar estritamente o mandato da Organização das Nações Unidas [ONU]”, disse Dilma, em declaração à imprensa.

Dilma também afirmou que Brasil e Suécia defendem a eliminação do arsenal atômico mundial. “Brasil e Suécia defendem que o desarmamento passa não apenas pela redução dos arsenais, mas, também, por uma revisão abrangente do papel das armas nucleares e conduzindo a uma eliminação dos armamentos atômicos”, disse.

O meio ambiente foi um tema comum citado pelos mandatários na declaração à imprensa. O primeiro-ministro da Suécia falou sobre a parceria com o Brasil na área de biocombustíveis e lembrou que a Suécia é o maior importador de etanol brasileiro na União Europeia. A presidenta Dilma Rousseff informou que, em breve, os dois países devem iniciar um projeto piloto de produção de etanol na Tanzânia (África).

Fredrik Reinfeldt disse ainda que conversou com Dilma sobre os preparativos para a Rio+20, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, marcada para 2012, no Brasil.

Na área de negócios, Dilma apresentou ao líder sueco as oportunidades de investimento que se abrem no Brasil com as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016. A presidenta também manifestou interesse em ampliar a exportação de bens de maior valor agregado para a Suécia.

Após a reunião, Dilma e o primeiro-ministro sueco almoçam no Itamaraty, acompanhados de ministros e empresários dos dois países.

Edição: Vinicius Doria
Agência Brasil

 

Notícias

Partilha antecipada no inventário

Partilha antecipada no inventário Thais Guimarães A partilha antecipada pode ser benéfica tanto para o herdeiro interessado no bem, que poderá usar e fruir de sua parte na herança antes da finalização do inventário, como para o Espólio. quinta-feira, 26 de maio de 2022 O Código de Processo Civil de...

Como fazer assinatura eletrônica e porque elas são essenciais

Como fazer assinatura eletrônica e porque elas são essenciais Por Wilson Furtado Roberto -26/03/2021 É possível se beneficiar da conformidade jurídica das assinaturas feitas eletronicamente, desde que se escolha o tipo ideal para a sua necessidade Agilidade, praticidade e comodidade. Aprender como...

A alteração do gênero e nome da pessoa transgênero

A alteração do gênero e nome da pessoa transgênero Mayra Zago de Gouveia Maia e Janaina Cássia de Oliveira Zarpelon quarta-feira, 25 de maio de 2022 Transgênero é a pessoa que se identifica com gênero diferente daquele biologicamente a ela atribuído1. Com base no princípio da dignidade da pessoa...

Publicada lei que torna hediondo crime contra menor de 14 anos

Publicada lei que torna hediondo crime contra menor de 14 anos Texto foi publicado no Diário Oficial da União Publicado em 25/05/2022 - 12:56 Por Karine Melo - Repórter da Agência Brasil - Brasília Origem da Imagem/Fonte: Agência Brasil Com punições duras aos agressores, foi sancionada sem vetos...

28 aplicativos úteis para advogados aumentarem sua produtividade

28 aplicativos úteis para advogados aumentarem sua produtividade direitonews.com.br|maio 04, 2022 Origem da Imagem/Fonte: Direito News Aplicativos para advogados nada mais são do que softwares desenvolvidos para dispositivos móveis voltados para os operadores do direito. Eles existem para que você...