Deslealdade cambial da China é alvo do País

13/06/11 - 00:00 > POLÍTICA ECONÔMICA

Deslealdade cambial da China é alvo do País

Karina Nappi

São Paulo - A China poderá ser o próximo parceiro comercial a sofrer retaliações do governo brasileiro. O motivo, neste caso, é a questão da moeda chinesa desleal, que não possibilita à indústria nacional uma competitividade real. A afirmação é do presidente da Associação Brasileira de Comércio exterior, Roberto Segatto.

De acordo com o executivo, o governo de Dilma Rousseff deve impor preços de referência para os produtos, cuja maioria é de manufaturados.

Essa medida seria mais um sinal da mudança de postura do governo brasileiro em relação a seus mais problemáticos parceiros comerciais, como Argentina, Rússia e União Europeia.

No último mês, o Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic) resolveu tomar medidas para proteger a indústria nacional e começou a "dar o troco na mesma moeda" frente às decisões protecionistas de seus parceiros comerciais.

A forma mais eficaz por enquanto tem sido a aplicação das licenças não automáticas e os anúncios de dumping. "A posição do governo frente aos atos dos seus parceiros acontece no momento em que as importações estão aumentando de forma desproporcional e a indústria nacional está sendo extremamente prejudicada, a ponto de virar montadora, e não produtora de produtos. As medidas estão sendo eficazes, mostram que temos bala na agulha e que vamos retrucar na mesma proporção", pondera Segatto.

O diretor do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Roberto Gianetti da Fonseca, afirmou na sexta que o déficit comercial do Brasil de produtos manufaturados deve crescer de US$ 70 bilhões em 2010 para US$ 100 bilhões neste ano.

 

Fonte: DCI

 

Notícias

J.Lo ou J.Aff? Por que adotar o sobrenome do marido?

J.Lo ou J.Aff? Por que adotar o sobrenome do marido? Lúcia Soares 3 ago 2022 - 10h59 (atualizado às 13h06) Parece inacreditável, mas até 2002, ainda vigorava no Brasil uma lei, que estabelecia que o marido poderia anular o casamento e devolver a mulher à família, caso descobrisse...

O que o podcast ‘A Casa Abandonada’ ensina sobre divisão de herança

O que o podcast ‘A Casa Abandonada’ ensina sobre divisão de herança Além de causar mal-estar às famílias, litígio desvaloriza bens e é prejudicial para rentabilidade A herança de uma pessoa é a soma de todo o patrimônio conquistado ao longo da vida, como investimentos, imóveis, empresas, bens e até...

Casamento, regime de bens e sucessão entre cônjuges

OPINIÃO Casamento, regime de bens e sucessão entre cônjuges 28 de julho de 2022, 21h27 Por Paulo Eduardo Razuk e Denise Zanutto Tonelli Oliveira "INVENTÁRIO. Decisão que declarou a ineficácia da escritura pública, determinando a aplicação da Súmula 377 do E. STF. AGRAVO DE INSTRUMENTO....

Informativo de Jurisprudência do STJ destaca extinção de união estável

Informativo de Jurisprudência do STJ destaca extinção de união estável Processo: REsp 1.852.807-PR, Rel. Min. Paulo de Tarso Sanseverino, Terceira Turma, por unanimidade, julgado em 10/05/2022, DJe 13/05/2022. Ramo do Direito: Direito Civil Tema: Extinção de união estável. Partilha de imóvel comum....