Fórum visita Rio e aponta problemas de mobilidade urbana para a Copa

11/10/2011 08:48

Integrantes do Fórum Legislativo que acompanha as obras para a Copa do Mundo de 2014 estiveram no Rio de Janeiro na segunda-feira (10) e, mais uma vez, identificaram a mobilidade urbana como o grande desafio na organização do evento. O presidente da Comissão de Turismo e Desporto, deputado Jonas Donizette (PSB-SP), tem dúvidas se o Brasil vai conseguir superar esse gargalo.

"Cada cidade-sede tem a sua peculiaridade, mas a preocupação geral é com obras de mobilidade urbana. A maioria das cidades já têm hoje dificuldades no trânsito, problemas de locomoção para as pessoas, e nos eventos a dificuldade pode ser maior ainda. O que preocupa mesmo são as obras de BRT, VLT, de metrô, que é justamente o legado que vai ficar para a população", disse.

Outra preocupação do grupo que acompanha os preparativos para a Copa, segundo Jonas Donizette, é com os custos das obras, especialmente do Maracanã: "O primeiro projeto básico foi de R$ 400 milhões, depois foi para R$ 750 milhões e agora está praticamente em quase R$ 1 bilhão. Esse acréscimo, por mais que se afirme que é uma reforma, que as situações vão aparecendo, isso é algo preocupante, tanto é que o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou uma redução de custo de cerca de 80 milhões na obra.”

A previsão de entrega do Maracanã é fevereiro de 2013. Apesar disso, o deputado Romário (PSB-RJ) disse duvidar da conclusão das obras nesse prazo. Ele coordenou a visita ao Rio de Janeiro e lamentou que, das 11 cidades-sede visitadas pelo Fórum Legislativo, apenas no Rio o governador e o prefeito não acompanharam o grupo. Romário criticou ainda a possibilidade de o Brasil flexibilizar regras nacionais, como a lei da meia-entrada, para atender a Federação Internacional do Futebol (Fifa).

"Eles não estão vendo o bolso do povo brasileiro. É uma preocupação minha e tinha que ser uma preocupação do Brasil. O idoso tem que pagar meia, o jovem estudante tem que pagar meia, e as pessoas com deficiência não têm que pagar. Depois que foi feito o protocolo de intenção entre Brasil e Fifa, muitas coisas já mudaram em nosso País> A Fifa tem que se adaptar ao Brasil, e não o Brasil à Fifa", afirmou.

Os integrantes do Fórum Legislativo da Copa 2014 não conseguiram ouvir os representantes da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Com isso, o debate sobre a situação dos aeroportos do Rio será realizado no próximo dia 19. O grupo parlamentar já passou por 11 cidades-sede da Copa do Mundo, faltando apenas São Paulo, que será visitada no dia 24 de outubro.

Reportagem - Mônica Montenegro /Rádio Câmara
Edição - Wilson Silveira

Agência Câmara de Notícias
 
 


 

Notícias

TJ-SP admite extinção de usufruto de imóvel arrematado em leilão

EFETIVIDADE DA EXECUÇÃO TJ-SP admite extinção de usufruto de imóvel arrematado em leilão 17 de outubro de 2018, 10h29 Por Tadeu Rover Segundo o processo, para fraudar a execução, o devedor simulou uma doação do imóvel aos filhos, reservando o usufruto vitalício a ele e à sua mulher. Leia em...
Leia mais

Homem deve indenizar ex-mulher por traição

Dano moral Homem deve indenizar ex-mulher por traição Juíza considerou que a infidelidade se deu com pessoa que era considerada da família e que trabalhava na empresa pertencente à autora. quinta-feira, 17 de janeiro de 2019 A juíza de Direito Clarissa Somesom Tauk, da 5ª vara da Família e...
Leia mais

Previdência para amantes: descalabro jurídico

Previdência para amantes: descalabro jurídico          Regina Beatriz Tavares da Silva* 17 Janeiro 2019 | 06h00 Em vários artigos anteriores (como aqui, aqui e aqui) já salientei a importância do julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF) dos Recursos...
Leia mais

Artigo – É meu, seu ou nosso? – Por Marcia Dessen

Artigo – É meu, seu ou nosso? – Por Marcia Dessen Evite conflitos e escolha, antes de casar, o regime da comunhão de bens Nem sempre um casal decide e planeja o casamento. Muitas vezes, acontece aos poucos, e, de repente, estão casados ou vivendo em união estável. Independentemente da forma ou da...
Leia mais

O divórcio do homem mais rico do mundo e o pacto antenupcial

O divórcio do homem mais rico do mundo e o pacto antenupcial          Lucas Marshall Santos Amaral 11 Janeiro 2019 | 04h00 Jeff Bezos e MacKenzie Bezos estão casados há 25 anos. Foi nesse período que ele se tornou o homem mais rico do mundo. Porém, a vida de...
Leia mais

Afeto como elemento basilar da relação familiar

Afeto como elemento basilar da relação familiar    10/01/19 ÀS 00:00 André Vieira Saraiva de Medeiros A família sofreu inúmeras modificações ao longo dos anos e – por consequência do processo evolutivo – a concepção de parentalidade foi extensivamente alterada, sob influência direta da...
Leia mais

A opção extrajudicial de recuperação de empresas

A opção extrajudicial de recuperação de empresas 7 de janeiro de 2019, 6h24 Por Murilo Aires Na recuperação extrajudicial não há intervenção do Ministério Público, nomeação de administrador judicial nem mesmo prazo mínimo de dois anos de supervisão judicial. Confira em Consultor Jurídico
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados