O real é moeda sensível a repatriação por japoneses

Extraído de DCI
17/03/11 - 00:00 > POLÍTICA ECONÔMICA

O real é moeda sensível a repatriação por japoneses

Marcelle Gutierrez

São Paulo - O real é a moeda mais vulnerável do mundo diante da possibilidade de repatriação de recursos pelos investidores de varejo japoneses. A afirmação é do estrategista-chefe de câmbio do HSBC, David Bloom. "No mercado de câmbio, o que importa é a liquidez", disse. A maior parte das aplicações japonesas está nos Estados Unidos (US$ 118,6 bilhões), seguidos pela Austrália (US$ 59,9 bilhões), Europa (US$ 40,6 bilhões) e Brasil (US$ 34,3 bilhões), com base em informações de fundos de investimentos.

Para o estrategista, o movimento não deve significar uma dor de cabeça para o governo brasileiro, que vem lutando há meses contra a desvalorização do dólar.

Este movimento seria um contraponto à enxurrada de dólares que desembarca no Brasil este ano, movimento que deve continuar com o esperado aumento das exportações para o Japão. Somente até a segunda semana de março, o fluxo cambial brasileiro está positivo em US$ 30 bilhões, volume 25% maior que o registrado em todo o ano passado.

O vice-presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto Castro, estima que a corrente comercial entre os dois países, em 2010, deve ser alterada neste ano a favor do Brasil, que deve registrar saldo positivo de US$ 2 bilhões. Entre os produtos que o Brasil exporta para o Japão, minério de ferro e a carne de frango foram responsáveis por 53% das vendas do País, em valores, para o mercado nipônico em janeiro deste ano.

Se confirmadas, estas estimativas devem ajudar o governo brasileiro na tarefa de desvalorizar o real em relação ao dólar. Esperando por estes efeitos, o Ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou na última terça-feira que novas medidas cambiais que estavam sendo preparadas pelo governo foram adiadas. O ministro não deu detalhes sobre estas novas medidas que estavam em discussão no governo.

Até mesmo o mercado de seguros do País deve sentir os efeitos da tragédia no Japão. O economista Keyton Pedreira, especializado na área de seguros e previdência, disse não ter dúvidas de que os eventos que ocorreram no Japão (terremoto, tsunami e acidente em usina nuclear) irão provocar aumento nos preços de todas as coberturas do mundo. Ele estima que os aumentos nos preços de seguros em nível mundial poderão ficar, em média, entre 8% e 10%, dependendo da região. A Superintendência de Seguros Privados (Susep) afirmou ontem que ainda não há previsão de aumento nos preços dos seguros aqui no Brasil.

As remessas vindas de migrantes brasileiros no exterior também devem sofrer nova queda este ano, após cair quase 15% em 2010. Mas os bancos brasileiros afirmam que não vão mudar suas estratégias em relação ao país. Banco do Brasil e Santander lançaram programa de ajuda aos brasileiros que estão no Japão.

Os danos materiais causados pelo terremoto devem superar US$ 100 bilhões. O banco JP Morgan estima essas perdas de até US$ 200 bilhões, sem contar efeito da contaminação nuclear.

 

 

Notícias

Plano de previdência privada é impenhorável, decide TRT-2

CARÁTER DE SUBSISTÊNCIA Plano de previdência privada é impenhorável, decide TRT-2 18 de abril de 2019, 10h11 No processo, a autora pediu que fossem penhorados os planos de previdência dos sócios da devedora, já que não foram encontrados bens em nome da empresa para quitar a dívida...
Leia mais

IBDFAM: É POSSÍVEL RENUNCIAR À HERANÇA EM PACTO ANTENUPCIAL?

IBDFAM: É POSSÍVEL RENUNCIAR À HERANÇA EM PACTO ANTENUPCIAL? Publicado em: 11/04/2019 De autoria de Mário Luiz Delgado, diretor nacional do Instituto Brasileiro de Direito de Família – Ibdfam, e Jânio Urbano Marinho Júnior, defensor público federal, o artigo “Posso renunciar à herança em pacto...
Leia mais

Sou menor, posso me casar?

Sou menor, posso me casar? Publicado em 10/04/2019  Portal Veneza Foi sancionada no último dia 13 de março, pelo presidente da República, a lei que proíbe o casamento de menores de 16 anos. O projeto de lei que passou pela câmara e pelo senado era de autoria da ex-deputada federal Laura...
Leia mais

Agente responsável por multa de trânsito não será mais identificado

Agente responsável por multa de trânsito não será mais identificado Determinação foi publicada no DOU e tem como intuito proteger os fiscais, que podem sofrer retaliações por terem registrado uma infração Por AutoPapo02/04/19 às 21h04 Em outubro de 2017 o AutoPapo noticiou que a Resolução nº 709 do...
Leia mais

Vetada dispensa de reavaliação de aposentado portador de HIV

10/04/2019 - 14h31 Vetada dispensa de reavaliação de aposentado portador de HIV O presidente da República, Jair Bolsonaro, vetou integralmente o projeto que dispensava de reavaliação pericial a pessoa com HIV/aids aposentada por invalidez (PL 10159/18). O texto havia...
Leia mais

Validade da carteira de motorista pode passar para 10 anos

Validade da carteira de motorista pode passar para 10 anos Projeto do governo também prevê aumento da pontuação de multas Publicado em 09/04/2019 - 20:31 Por Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil  Brasília O governo federal vai apresentar um projeto de lei para ampliar a validade da...
Leia mais

União estável: início e fim

União estável: início e fim Os parceiros que decidem viver em união estável podem determinar como irão proceder com os seus bens - os que já possuem e os que vão adquirir no futuro. Por Luciana Gouvêa* Publicado às 09h00 de 07/04/2019 Rio - Os casais estão preferindo se juntar a se casar, segundo...
Leia mais

Mais uma armadilha do novo CPC: o início do prazo de contestação

PARADOXO DA CORTE Mais uma armadilha do novo CPC: o início do prazo de contestação 22 de agosto de 2017, 8h00 Por José Rogério Cruz e Tucci É, de fato, interessante observar, depois de anos e anos de exercício profissional, o hábito que temos de raciocinar como se nada tivesse sido alterado, mesmo...
Leia mais

Idoso de 99 anos pede o divórcio após descobrir traição em 1940

Idoso de 99 anos pede o divórcio após descobrir traição em 1940 Ele estava vasculhando uma velha cômoda quando fez uma descoberta surpreendente 04/04/2019 09:27 Um caso inusitado aconteceu com um casal italiano. O marido, de 99 anos de idade, pediu o divórcio após descobrir que sua esposa havia o...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados