A inclusão digital

A inclusão digital

 (24.05.11)

Charge de Gerson Kauer

Já alcançado pela compulsória dos 70 anos, o formal e jubilado operador do Direito compareceu ao Departamento Médico para exames de rotina.

O médico-chefe - homem que tem um baú de experiências no trato com autoridades - desfiou os ´ene´ motivos que recomendavam o exame de toque retal.

- Essa inspeção localizada e o exame de sangue para medir o PSA possibilitam confiável diagnóstico a respeito do câncer de próstata, cada vez mais numeroso entre os homens de terceira idade...

Etc etc.

Mas o distinto e provecto cidadão recusou a oferta e exigiu que os exames fossem apenas os rotineiros. Mas, instigado pelo alerta médico, expôs o assunto em casa, em conversa com a esposa, os filhos e até com o neto de 22 de idade. E definitivamente terminou por ceder quando a nora apresentou um argumento irretorquível:

- Meu caro sogro, deixe de besteira. Todos sabem que o exame é rápido, indolor...e o médico é experiente e o senhor terá a garantia de que está plenamente saudável.

* * * * *

Na semana seguinte, o jubilado operador do Direito retornou ao Departamento Médico onde teve o atendimento preferencial de sempre.

- Reconsiderei e vou fazer o exame - disse.

A atendente avisou o diretor-médico que a seu turno convocou a enfermeira.

- Por favor, entre na salinha, tire todas as peças de roupa, inclusive a cueca e vista este camisolão - disse ela, mansamente, entregando uma peça verde pálido.

O médico chegou logo e pediu que o visitante se deitasse em jeito apropriado, que lhe foi detalhado. O paciente - já acomodado na posição determinada - tentou um último recurso.

- Doutor, só uma observação...

- Diga!

- O senhor, como excelente médico, professor e pesquisador deve estar ciente das últimas descobertas científicas na área.

- Penso que sim.

- Pois é, li alguma coisa sobre novos métodos para o exame de próstata, que estão sendo experimentados em Londres e pensei que, aqui distante no Brasil, eu seria uma útil cobaia.

O médico - já com uma ponta de impaciência - procurou abreviar a conversa e foi objetivo na resposta:

- Existe um método novo, desenvolvido por médicos pesquisadores e por engenheiros da computação.

E o paciente curioso:

- Como é o nome desse exame, doutor?

- Esse exame chama-se "inclusão digital".

E sem esperar qualquer comentário ou reação, o médico pediu licença e rapidamente cometeu a "inclusão digital" nas respeitáveis profundezas do desembargador.

 

Fonte: www.espacovital.com.br
 

 

Notícias

RI Simplificado – STJ: procuração em causa própria

RI Simplificado – STJ: procuração em causa própria Atentar-se à sutileza do julgado que entende que a procuração em causa própria não é título translativo de propriedade. Processo REsp 1.345.170-RS, Rel. Min. Luis Felipe Salomão, Quarta Turma, por unanimidade, julgado em 04/05/2021. Ramo do...

Nome incomum não justifica alteração de registro

Nome incomum não justifica alteração de registro Publicado em 13 de maio de 2021 A 8ª câmara Cível do TJ/RS negou, unanimamente, pedido de homem para alteração do primeiro nome. Registrado como Cipriano, ele alegou que desde criança sofre com constrangimentos. Contou que deveria chamar-se...

Quero mudar meu nome. E agora?

Quero mudar meu nome. E agora? Brunna Frota Silva Saiba como o Judiciário tem lidado com os diferentes casos de pedidos de mudança de nome e ainda desmistificar reflexos culturais brasileiros envolvendo os sobrenomes. As motivações envolvem desde questões religiosas ao abandono...

WhatsApp e inclusão digital: uma saída para as Defensorias Públicas

TRIBUNA DA DEFENSORIA WhatsApp e inclusão digital: uma saída para as Defensorias Públicas 11 de maio de 2021, 8h01 Por Júlio de Camargo Azevedo e Giovani Ravagnani Considerado um dos principais cases de sucesso, a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro lançou em outubro de 2020 um...

STJ autoriza criança com nome de anticoncepcional a mudar registro

STJ autoriza criança com nome de anticoncepcional a mudar registro No entendimento dos ministros, houve rompimento unilateral do acordo firmado entre os pais da criança. terça-feira, 11 de maio de 2021 A 3ª turma do STJ autorizou a alteração do nome de uma criança registrada pelo pai com o nome...

Pontuação não pode ser lançada em CNH antes de recurso administrativo

CONTRADITÓRIO E AMPLA DEFESA Pontuação não pode ser lançada em CNH antes de recurso administrativo 4 de maio de 2021, 7h46 Por Tábata Viapiana O magistrado embasou a decisão na Resolução Contran 619/16 e também disse ser inaplicável a penalidade enquanto os fatos não forem devidamente apurados...