A inclusão digital

A inclusão digital

 (24.05.11)

Charge de Gerson Kauer

Já alcançado pela compulsória dos 70 anos, o formal e jubilado operador do Direito compareceu ao Departamento Médico para exames de rotina.

O médico-chefe - homem que tem um baú de experiências no trato com autoridades - desfiou os ´ene´ motivos que recomendavam o exame de toque retal.

- Essa inspeção localizada e o exame de sangue para medir o PSA possibilitam confiável diagnóstico a respeito do câncer de próstata, cada vez mais numeroso entre os homens de terceira idade...

Etc etc.

Mas o distinto e provecto cidadão recusou a oferta e exigiu que os exames fossem apenas os rotineiros. Mas, instigado pelo alerta médico, expôs o assunto em casa, em conversa com a esposa, os filhos e até com o neto de 22 de idade. E definitivamente terminou por ceder quando a nora apresentou um argumento irretorquível:

- Meu caro sogro, deixe de besteira. Todos sabem que o exame é rápido, indolor...e o médico é experiente e o senhor terá a garantia de que está plenamente saudável.

* * * * *

Na semana seguinte, o jubilado operador do Direito retornou ao Departamento Médico onde teve o atendimento preferencial de sempre.

- Reconsiderei e vou fazer o exame - disse.

A atendente avisou o diretor-médico que a seu turno convocou a enfermeira.

- Por favor, entre na salinha, tire todas as peças de roupa, inclusive a cueca e vista este camisolão - disse ela, mansamente, entregando uma peça verde pálido.

O médico chegou logo e pediu que o visitante se deitasse em jeito apropriado, que lhe foi detalhado. O paciente - já acomodado na posição determinada - tentou um último recurso.

- Doutor, só uma observação...

- Diga!

- O senhor, como excelente médico, professor e pesquisador deve estar ciente das últimas descobertas científicas na área.

- Penso que sim.

- Pois é, li alguma coisa sobre novos métodos para o exame de próstata, que estão sendo experimentados em Londres e pensei que, aqui distante no Brasil, eu seria uma útil cobaia.

O médico - já com uma ponta de impaciência - procurou abreviar a conversa e foi objetivo na resposta:

- Existe um método novo, desenvolvido por médicos pesquisadores e por engenheiros da computação.

E o paciente curioso:

- Como é o nome desse exame, doutor?

- Esse exame chama-se "inclusão digital".

E sem esperar qualquer comentário ou reação, o médico pediu licença e rapidamente cometeu a "inclusão digital" nas respeitáveis profundezas do desembargador.

 

Fonte: www.espacovital.com.br
 

 

Notícias

MEC permite uso de nome social de transexuais no ensino básico

MEC permite uso de nome social de transexuais no ensino básico Publicado em: 19/01/2018 Está permitido pelo MEC o uso de nome social de travestis e transexuais nos registros escolares de ensino básico. Portaria 33, que homologa parecer com a permissão, foi publicada nesta quinta-feira, 18, no...
Leia mais

'Os médicos não deixaram minha irmã morrer em paz'

'Os médicos não deixaram minha irmã morrer em paz' Publicado em: 16/01/2018 Em 2009, Polly Kitzinger sobreviveu a um acidente de carro, mas ficou com sérias lesões cerebrais. A irmã dela, Jenny, diz que Polly não teria desejado ser submetida a tantas intervenções médicas que a permitiram ficar...
Leia mais

A regularização fundiária de condomínios e ranchos de lazer

A regularização fundiária de condomínios e ranchos de lazer 15 de janeiro de 2018, 8h00 Por Ivan Carneiro Castanheiro e Andreia Mara de Oliveira Núcleo urbano informal, segundo artigo 11 da Lei 13.465 de 11 de julho de 2017, é o assentamento clandestino, irregular ou no qual não foi possível...
Leia mais

COMPRADOR DEVE TRANSFERIR VEÍCULO ADQUIRIDO PARA SEU NOME

COMPRADOR DEVE TRANSFERIR VEÍCULO ADQUIRIDO PARA SEU NOME SOB PENA DE TER QUE INDENIZAR por AF — publicado em 11/01/2018 18:57 A juíza da 6ª Vara Cível De Brasília condenou o comprador de uma motocicleta a pagar R$ 5 mil a título de danos morais ao vendedor, por não ter providenciado a...
Leia mais

Condenados podem passar a arcar com o custo da tornozeleira

09/01/2018 - 09h01 Proposta determina que condenado pagará pelo custo de tornozeleira eletrônica A Câmara analisa proposta para que condenados monitorados eletronicamente podem passar a arcar com o custo da tornozeleira. O texto (PL 8806/17), do senador Paulo Bauer (PSDB-SC), altera a...
Leia mais

Uso de criptomoedas é possível em operações societárias

Uso de criptomoedas é possível em operações societárias 8 de janeiro de 2018, 7h00 Por Thiago Vasconcellos O ineditismo do tema descortina uma série de oportunidades e questionamentos, especialmente na esfera jurídica. Uma pergunta interessante diz respeito à possibilidade (e os efeitos daí...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados