Coleção Carreira e Vida - Wellington Miranda

Wellington Miranda é Campobelense

 

VIDA TRADUZIDA / Wellington Miranda

 

 

Desde as primeiras tentativas de comunicação entre os humanos, diversas mídias foram e vem sendo utilizadas. Nos últimos anos, as redes sociais deram início ao bate-papo via internet, aproximando pessoas e permitindo a troca de conhecimento entre elas, com mais recursos que os emails, como Orkut, Facebook, Twitter, etc.

Os bate-papos pessoais evoluíram para bate-papos profissionais, onde as pessoas trocam informações sobre suas profissões e também divulgam seus pensamentos e opiniões sobre os mais diversos assuntos, como literatura, política, oportunidades de empregos e outros.

De modo geral, todo tipo de informação flui hoje pelas redes sociais. Uma destas redes, o Twitter, foi o meio escolhido pelo autor para divulgar suas reflexões sobre carreira, relações no trabalho, capacitação e comportamento profissional, mescladas com suas reflexões sobre a vida. Algumas destas reflexões estão reunidas na coleção Carreira e Vida.

O autor Wellington Cardoso de Miranda estudou engenharia, economia, direito e tantas outras ciências. Nada tirou seu tempo com as palavras desde os primeiros anos. Restou poeta e escritor. Andou muito pelo país e pelo exterior, nunca saiu das montanhas de Minas. Visto assim, parece que nunca cresceu nem saiu do lugar. Ledo engano, ele se considera uma criança adulta e um cidadão do mundo. Encontrou nas redes sociais, especialmente o twitter, uma voz e alguns ouvintes. Continua twittando. Tem também alguns artigos publicados em jornais e postados no https://www.toptalent.com.br/. Ele diz que escreve para conversar com as pessoas. Adora conversar. E viajar. A coleção é Carreira e Vida porque sempre acreditou que carreira fosse coisa de humanos.
Contato:
well.miranda@terra.com.br

Títulos do autor:

Coleção Carreira e Vida:
CARREIRA & VIDA
CARREIRA para humanos
VIDA traduzida

Coleção Letras com carinho:
O SONHO DE CAROLINA

Siga-me no twitter:
https://twitter.com/Wellington_XYZ

Serviço:

Vida Traduzida
Wellington Miranda

Scortecci Editora
Pensamentos
ISBN 978-85-366-0472-5
Formato 12 x 18 cm 
196 páginas
1ª edição - 2010

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

 

 

Notícias

As dívidas do falecido

Mônica Cecílio Rodrigues - 18/06/2018 As dívidas do falecido Perder um ente querido não é bom. E esta perda reflete em vários aspectos da Vida. Dentre eles os direitos e deveres que o falecido tinha e ainda perduraram, mesmo com o acontecimento, a morte, e que agora passará a ser preocupação...
Leia mais

Meu namorado passa a ter direito sobre meus bens se vier morar comigo?

Meu namorado passa a ter direito sobre meus bens se vier morar comigo? Advogado Rodrigo Barcellos responde dúvida de leitor sobre pensão. Envie você também suas perguntas Por Rodrigo Barcellos, advogado 17 jun 2018, 07h00 Pergunta da leitora: Já tenho um apartamento há 10 anos, não quitado, e...
Leia mais

Apelação Cível - Ação de dissolução de condomínio

Apelação Cível - Ação de dissolução de condomínio APELAÇÃO CÍVEL - AÇÃO DE DISSOLUÇÃO DE CONDOMÍNIO - PROVA PERICIAL - AUSÊNCIA DE INSURGÊNCIA A TEMPO E MODO - PRECLUSÃO - REDISCUSSÃO NAS RAZÕES RECURSAIS E RENOVAÇÃO DA PROVA - IMPOSSIBILIDADE - DIVISÃO DAS GLEBAS - AUSÊNCIA DE ACORDO ENTRE OS...
Leia mais

Clipping – Tribuna do Paraná -Tensão da pensão!

Clipping – Tribuna do Paraná -Tensão da pensão! Publicado em 11/06/2018 Assunto delicado, o pagamento de alimentos ­ ou “pensão alimentícia” ­ está longe de ser encarado numa boa. Tanto para quem deve quanto para quem recebe, a questão pode, num piscar de olhos, virar motivo de briga: o que não...
Leia mais

Artigo – Usucapião extrajudicial sai do papel – por Luciana Freitas

Artigo – Usucapião extrajudicial sai do papel – por Luciana Freitas Os parâmetros para a usucapião extrajudicial foram definidos pelo Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O Provimento 65, editado em 14 de dezembro de 2017 e aprovado no último dia 10 de maio, pelo CNJ, regulamenta a...
Leia mais

TJ/RS nega reconhecimento de união estável post mortem

União estável TJ/RS nega reconhecimento de união estável post mortem Falecido não possuía o intuito de constituir família e tinha seu núcleo familiar juntos dos pais. segunda-feira, 4 de junho de 2018 A 8ª câmara Cível do TJ/RS negou pedido de união estável requerida por mulher de homem que se...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados