Um novo e criativo método para lesar correntistas que usam caixas eletrônicos

Um novo e criativo método para lesar correntistas que usam caixas eletrônicos

(23.05.11)

 

Três integrantes de uma quadrilha de São Paulo que aplicou golpes em 20 Estados foram presos na noite de sábado (21) pela Polícia Civil do RS, enquando realizavam saques na agência do Banco Itaú na Avenida Benjamin Constant, em Porto Alegre.

O modo de agir deles foi considerado uma novidade. "É algo novo, muito criativo e bem bolado" – diz o delegado Juliano Ferreira, da Delegacia de Roubos e Extorsões do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic),

Com o grupo, a Polícia Civil apreendeu R$ 5 mil, mais de 20 cartões e telefones celulares. Um dos integrantes da quadrilha, que aguardava os comparsas dentro de um automóvel alugado, conseguiu fugir.

O delegado Juliano disse os golpistas invadiam agências bancárias e danificavam - de maneira pouco perceptível - os caixas eletrônicos, deixando apenas um em funcionamento. Neste, os criminosos instalavam um sistema que retia os cartões dos clientes – eles ficavam presos por um saco colocado no interior da máquina.

Os meliantes também substituíam o telefone da agência. Quando o cliente lesado usava o aparelho buscando orientações sobre o cartão que ficara preso, a ligação era direcionada a um celular da quadrilha.

Um dos marginais se fazia passar por "atendente plantonista" do banco e pedia que o cliente informasse seus dados para "conferência". Supondo estar falando realmente com o banco, a vítima passava os dados sobre a conta - inclusive a senha - com o objetivo de bloqueá-la.

Após recolherem os cartões e obterem os dados passados pelos próprios clientes, os criminosos seguiam para outra agência, onde as máquinas não haviam sido manipuladas. Aí faziam saques e realizavam transferências.

Como o golpe era aplicado somente aos fins de semana ou à noite nas vésperas de feriados, o cliente só poderia ser atendido na agência no primeiro dia útil subsequente.

No último sábado (21), os golpistas agiram em agências bancárias nas ruas Mostardeiro, Silva Jardim e Salgado Filho.

Na agência da Benjamin Constant - onde três foram presos - eles estavam fazendo saques e transferências com os cartões furtados. De posse dos dados dos clientes, os meliantes transferiam o dinheiro de suas contas para a conta de um laranja, em São Paulo.

O delegado Juliano disse que este foi o terceiro fim de semana que a quadrilha atuou em agências do RS. O prejuízo no Estado é estimado em R$ 600 mil.

Os presos foram identificados como Valdir Tito, Felipe Santos e Roberto Gonçalves, todos originários de São Paulo. O delegado acredita que o quarto integrante da quadrilha, que já foi identificado mas segue foragido, será preso ao longo desta semana.

Fonte: www.espacovital.com.br
 

 

Notícias

Câmara aprova PL que cria juizados para processar crimes digitais

Câmara aprova PL que cria juizados para processar crimes digitais Proposta ainda depende de aprovação no Senado Publicado em 17/10/2018 - 19:25 Por Paulo Victor Chagas - Repórter da Agência Brasil *  Brasília A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados concluiu...
Leia mais

Juízes vão ter de decidir brigas por herança digital

Juízes vão ter de decidir brigas por herança digital Situações envolvendo arquivos virtuais estão se tornando comuns e desafiam a Justiça, já que ainda não existe solução regulamentada Por Verônica Aguiar, do jornal A Tribuna 14/10/2018 às 16:35 Redes sociais, e-mails, arquivos de música, filmes,...
Leia mais

Dados da CRC Nacional sobre paternidade no Fantástico

Dados da CRC Nacional sobre paternidade no Fantástico Publicado em: 15/10/2018 No primeiro episódio da série Quem é Meu Pai, o repórter Marcelo Canellas foi a Santa Catarina para contar a história da Jéssica, de 22 anos. Ela já tinha feito um exame de DNA quando criança. Mesmo com o resultado...
Leia mais

ARTIGO – DIREITO A HERANÇA EM SEPARAÇÃO DE BENS – POR FÁBIO GALLO

ARTIGO – DIREITO A HERANÇA EM SEPARAÇÃO DE BENS – POR FÁBIO GALLO No casamento com regime parcial de bens o cônjuge é meeiro no patrimônio comum do casal Sou casado com comunhão parcial de bens e ainda não tenho filhos, mas gostaria de saber como ficaria a herança no caso de meu falecimento. O que...
Leia mais

Casamento: sete dicas para proteger os bens em casamentos

Casamento: sete dicas para proteger os bens em casamentos Recomendações são do advogado Paulo Lins e Silva O Globo 06/10/2018 - 04:30 / 06/10/2018 - 10:47 O advogado Paulo Lins e Silva esclarece quais são os direitos dos noivos, de acordo com o regime adotado. No regime de separação de bens...
Leia mais

A admirável conquista da verdade

A admirável conquista da verdade 12:00 / 06 de Outubro de 2018  ATUALIZADO ÀS 12:02 O Código Clóvis Atualizado de fato contemplou no campo do Direito de Família adequado tratamento modernizador. Vale neste ramo apontar a acolhida generosa refletida no reconhecimento da união estável, ditada...
Leia mais

Homem que mora em imóvel herdado deve pagar aluguel a irmãos

Sucessão Homem que mora em imóvel herdado deve pagar aluguel a irmãos Decisão é da 9ª câmara de Direito Privado do TJ/SP. quinta-feira, 4 de outubro de 2018 Herdeiro que recebeu 25% de imóvel por meio de inventário e habita nele isoladamente deve pagar aluguel devido a irmãos. Decisão é da 9ª...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados