Como funciona a motivação humana?

Você sabe motivar a sua equipe?


Só existe uma coisa que nos motiva, nossos valores

 

13/08/2010 - Alexandre Prates

Para iniciarmos este tema, é imprescindível saber de um elemento fundamental de um Líder Coach - Você sabe motivar seus colaboradores? Você entende sobre motivação humana? Perguntas fundamentais para saber se você consegue extrair o melhor das pessoas que você lidera.

Como funciona a motivação humana?

Só existe uma coisa que nos motiva, nossos valores. Tudo o que fazemos em nossas vidas - de positivo ou negativo - tem o intuito de atender nossos valores, mesmo inconscientemente. É muito importante entender que as pessoas possuem valores diferentes. E ai vai a primeira dica:

1a. Entenda que as pessoas possuem valores diferentes

O principal erro de um líder é deduzir que todos querem a mesma coisa, ou seja, "eu pago altas comissões, o que mais eles querem?". Exatamente, o que mais eles querem? Dinheiro não motiva todo mundo, apesar de essencial, para muitas pessoas o dinheiro é um valor meio, ou seja, é importante para atender outros valores, mas não é o essencial. Ser promovido não motiva todo mundo. Muitas vezes um reconhecimento em público motiva muito mais um colaborador que do que dinheiro, uma carta de agradecimento, assumir um projeto audacioso, enfim, as pessoas possuem motivos diferentes para sentirem-se felizes. E como descobrir valores? Simples! Converse, pergunte! O que te motiva, o que te faz feliz? É o único caminho.

2a. Existem 3 coisas que as pessoas gostam mais do que dinheiro

Ai vai uma dica espetacular do Líder Coach. Existem 3 coisas que fazem as pessoas arrebentarem no quesito motivação e comprometimento:

- Senso de Participação: As pessoas precisam sentir que fazem parte de alguma coisa, principalmente, que fazem parte das decisões da empresa e que suas opiniões e críticas são ouvidas e levadas a sério;

- Senso de Realização: As pessoas querem realizar coisas importantes. Mostre a cada dia que o trabalho da pessoa é fundamental para a empresa.

- Senso de Reconhecimento: Sem o reconhecimento, não vale a pena participar e realizar. O reconhecimento move as ações. O reconhecimento traz auto-estima. É importante ressaltar que as pessoas possuem diferentes perfis para sentirem-se reconhecidas:

1. Reconhecimento interno: É aquele reconhecimento que provém da uma auto-análise, ou seja, a pessoa não precisa de um reconhecimento externo para saber se foi bem e alguma atividade. Neste caso, pergunte a pessoa: Como você acha que se saiu? E então promova um feedback baseado neste auto-reconhecimento.

2. Reconhecimento externo: A pessoa precisa de um reconhecimento do outro, pois não consegue ter um senso de auto-crítica. Neste caso, ofereça prontamente um feedback.

3a. As pessoas se movem por dor e prazer

Ou seja, quer motivar alguém, de verdade, mostre o que a pessoa ganha se atingir os objetivos da empresa (motivação por prazer) e mostre também o que a pessoa perde se não atingir (motivação por dor).

Estes são alguns caminhos para o Líder Coach extrair o melhor das pessoas.

 

* Alexandre Prates - Sócio e Diretor Executivo do Instituto de Coaching Apicado – ICA. Master Coach, formado pelo Behavioral Coaching Institute e Graduate School of Master Coaches. Integra o quadro de trainers do Instituto Internacional de Coaching. Membro do comitê de Coaching Executivo da Sociedade Latino Americana de Coaching. Palestrante em grandes eventos nacionais e internacionais.
 

Revista INCorporativa
 

Notícias

A produção antecipada de provas como meio de resolução de conflitos

A produção antecipada de provas como meio de resolução de conflitos 29 de setembro de 2020, 7h10 Com a entrada em vigor da Lei nº 13.467/2017, a simplificação da resolução conflitos encontrou guarida nos artigos 855-B e seguintes da CLT, que preveem a possiblidade de conciliação extrajudicial. Leia...

Fraude à execução e o dever de cautela nas aquisições imobiliárias

Fraude à execução e o dever de cautela nas aquisições imobiliárias Debora Cristina de Castro da Rocha e Camila Bertapelli Pinheiro Com o advento da lei 13.097/15, muito fora invocado no sentido de que o referido diploma legal teria vindo animado pela perspectiva de facilitação do...

Bem de família é impenhorável se dado em garantia por sócio de empresa

EU VOU SOPRAR, SOPRAR... Bem de família é impenhorável se dado em garantia por sócio de empresa 28 de setembro de 2020, 18h44 Por Tábata Viapiana No entanto, o terceiro juiz, desembargador Alberto Gosson, divergiu do relator. Para ele, não está preenchido o requisito para afastamento da constrição...

Bens alienados fiduciariamente podem ser alvo de busca e apreensão

Bens alienados fiduciariamente podem ser alvo de busca e apreensão De acordo com a decisão, o decreto-lei que permite ao credor ou ao proprietário fiduciário requerer a medida foi recepcionado pela Constituição de 1988. 24/09/2020 17h16 - Atualizado há O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF)...

MP que simplifica assinatura eletrônica é sancionada com vetos

LEI 14.063/20 MP que simplifica assinatura eletrônica é sancionada com vetos 24 de setembro de 2020, 12h22 Por Tiago Angelo A normativa (Lei 14.063/20) prevê a criação de duas modalidades de assinatura: a simples e a avançada. Clique aqui para ler a lei Confira em Consultor Jurídico

Alteração do regime de bens do casamento

Alteração do regime de bens do casamento Marina Aidar de Barros Fagundes Aqui cabe apenas um parêntesis para destacar que casamento celebrado para maiores de 70 anos enseja a aplicação do regime da separação legal, ou separação obrigatória de bens. quarta-feira, 23 de setembro de 2020 Ao se...

Artigo – Estadão – Um cavalo de Troia na LGPD – Por Marcilio Braz Jr.

Artigo – Estadão – Um cavalo de Troia na LGPD – Por Marcilio Braz Jr. Podemos, enfim, comemorar. A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) que regulará o tratamento de dados pessoais, veio, enfim, ao mundo (18/9). Porém ao estabelecer como todos nós poderemos exercer nossos direitos, ela traz em sua...

STJ admite multa preventiva por excesso de peso nas estradas

INSTRUMENTO DE COERÇÃO STJ admite multa preventiva por excesso de peso nas estradas 22 de setembro de 2020, 7h26 Por Danilo Vital Na avaliação do ministro Benedito Gonçalves, no caso, as astreintes foram transformadas em uma forma indireta de agravar a multa administrativa. Confira em Consultor...