Conheça os 12 conselhos para o jovem advogado

Extraído de Jusbrasil

Conheça os 12 conselhos para o jovem advogado apresentados pelo conselheiro da OAB/MA e...

Extraído de: OAB - Mato Grosso - 1 hora atrás

O conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Maranhão, Ulisses César Martins de Souza, apresentou 12 conselhos aos jovens advogados na palestra realizada pela III Semana de Formação do Advogado, organizada pela OAB/MT, nesta quinta-feira (12 de maio), em parceria com a Unic, Escola Superior de Advocacia e Caixa de Assistência dos Advogados.

O advogado foi convidado pelo presidente da Comissão do Jovem Advogado, Bruno Oliveira Castro, que já o conhecia de outras explanações. "Foi uma palestra das mais motivadoras que participei há cerca de quatro anos. Por isso, fizemos questão de convidá-lo a dar palestra em Cuiabá", relatou.

Ulisses de Souza é advogado desde 1994 e ministra aulas de Processo Civil e Direito Constitucional pela Escola Superior de Advocacia do Maranhão, é vice-presidente da Comissão Especial de Estudo para o Anteprojeto do Novo Código de Processo Civil pela OAB, entre outros. O conselheiro federal comentou que os 12 conselhos se alteram conforme suas experiências na advocacia, profissão pela qual se diz apaixonado e que deseja seguir a vida toda. São, portanto, os seguintes:

1- Advogado não nasce pronto - é necessário tempo para amadurecer na profissão;

2- Misture o trabalho com sua vida profissional - o Código de Ética da OAB estabelece o dever do advogado zelar pela sua reputação pessoal e profissional;

3- Evitar as armadilhas do sucesso - fugir da vaidade e da arrogância, mas não confundir humildade com subserviência;

4- Clientes não nascem em árvores - custa cinco vezes mais caro reconquistar um cliente insatisfeito do que mantê-lo satisfeito com o seu trabalho;

5- Preocupe-se com as metas, mas não esqueça seus princípios - As metas são o ponto de chegada e os princípios, de partida;

6- Saiba administrar seu tempo - a única coisa que o advogado tem para oferecer é seu tempo, valorize-o;

7- Não paute sua vida e carreira pelo dinheiro - a ordem é trabalhar primeiro, ganhar dinheiro corretamente que virá o sucesso;

8- Saiba que bons advogados podem defender clientes culpados - o direito de defesa a todos é garantido pela Constituição Federal;

9- Acredite que sorte existe - com preparação, estudo e boas oportunidades;

10- Valorize seu trabalho - e valorar quanto custa o seu tempo. O cliente tem que considerar que você é a melhor opção para ele;

11- Faça sempre o seu melhor - independente do padrão sócio-econômico do cliente. A melhor propaganda para o advogado é um trabalho bem feito;

12- Tenha paixão por sua profissão!

Assessoria de Imprensa OAB/MT 
 

 

Notícias

Trisais: ‘Estado não pode se colocar contra essa realidade’, diz advogado

Trisais: ‘Estado não pode se colocar contra essa realidade’, diz advogado Relacionamentos não monogâmicos não são permitidos dentro da constituição brasileira. Os tribunais superiores, o STF e o STJ, entendem que que pessoas que praticam poliamor estão praticando concubinato (relação entre homens e...

Princípio de Saisine: posição jurisprudencial do STJ e direito de herança

OPINIÃO Princípio de Saisine: posição jurisprudencial do STJ e direito de herança 3 de julho de 2022, 17h06 Por Gerson Lopes Fonteles Em recente entendimento, a 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou provimento no recurso especial de um herdeiro que desejava anular deliberações...

Governo entrega primeiras carteiras de identidade nacional

Governo entrega primeiras carteiras de identidade nacional Origem das Imagens/Fonte: Anoreg/BR Detalhes do novo modelo de passaporte também foram apresentados. O presidente Jair Bolsonaro participa de cerimônia de emissão das novas carteiras de identidade nacional nos estados e do lançamento...

O que há em comum entre o divórcio e a dissolução parcial de sociedade

OPINIÃO O que há em comum entre o divórcio e a dissolução parcial de sociedade 29 de junho de 2022, 7h12 Por Ana Carolina Lessa Um dos principais tema do Direito de Família é o casamento, que estabelece, concomitantemente, sociedade conjugal e vínculo matrimonial. Leia em Consultor Jurídico