Participação popular

14/09/2011 - 13h02

Sociedade poderá participar de sabatinas de autoridades 

Os brasileiros poderão participar do processo de escolha de autoridades indicadas para cargos públicos. Isso deverá ocorrer com o envio de informações sobre o candidato ou de perguntas para a sabatina ao Portal do Senado Federal. A possibilidade foi aberta com a aprovação de mudança no Regimento Interno do Senado Federal (Risf), nesta quarta-feira (14), pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Informações e documentos adicionais também deverão ser enviados às comissões para orientar a decisão dos senadores sobre o indicado. Tudo isso foi proposto em projeto de resolução (PRS 8/11) de iniciativa do senador Roberto Requião (PMDB-PR). A matéria recebeu parecer pela aprovação, com emenda, do relator, senador Pedro Taques (PDT-MT).

Segundo explicou Taques, o PRS 8/11 se baseia em atos da CCJ e da Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), que desde 2007 e 2009, respectivamente, estabeleceram procedimentos adicionais para análise e votação das autoridades. Mais recentemente, as Comissões de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) e de Assuntos Econômicos (CAE) também baixaram normas regulamentando esse tipo de matéria.

O relator do PRS 8/11 vê méritos na proposta. Além da abertura do processo à participação popular, ele considerou importante a exigência de dados complementares sobre a qualificação profissional e a vida privada e pública dos candidatos e a concessão de prazo mínimo de uma semana entre a leitura do relatório e a realização da sabatina.

- Este projeto vem organizar e dar importância às sabatinas de autoridades realizadas pelas comissões - comentou Taques.

A emenda apresentada por Taques acrescenta exigências específicas ao rito de escolha dos titulares de missões diplomáticas de caráter permanente, já disponibilizadas pelo Ministério de Relações Exteriores.

Durante a discussão da matéria na CCJ, Taques também incorporou ao texto sugestões do senador Demóstenes Torres (DEM-GO) para garantir prazo de cinco dias úteis para a realização da sabatina após a leitura do relatório sobre a indicação e abrir a possibilidade de tanto o indicado como outras instâncias solicitadas pelo relator apresentarem informações adicionais ao processo.

Por fim, Requião ressaltou o compromisso do projeto com a "moralização definitiva" da escolha de autoridades e a importância de a sociedade civil se manifestar sobre as indicações por meio da internet. Já o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) fez um apelo ao presidente da CCJ, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), para que solicite agilidade da Comissão Especial de Reforma do Regimento Interno na apreciação dessa matéria.

Simone Franco / Agência Senado
 

Notícias

TJ-SP admite extinção de usufruto de imóvel arrematado em leilão

EFETIVIDADE DA EXECUÇÃO TJ-SP admite extinção de usufruto de imóvel arrematado em leilão 17 de outubro de 2018, 10h29 Por Tadeu Rover Segundo o processo, para fraudar a execução, o devedor simulou uma doação do imóvel aos filhos, reservando o usufruto vitalício a ele e à sua mulher. Leia em...
Leia mais

Homem deve indenizar ex-mulher por traição

Dano moral Homem deve indenizar ex-mulher por traição Juíza considerou que a infidelidade se deu com pessoa que era considerada da família e que trabalhava na empresa pertencente à autora. quinta-feira, 17 de janeiro de 2019 A juíza de Direito Clarissa Somesom Tauk, da 5ª vara da Família e...
Leia mais

Previdência para amantes: descalabro jurídico

Previdência para amantes: descalabro jurídico          Regina Beatriz Tavares da Silva* 17 Janeiro 2019 | 06h00 Em vários artigos anteriores (como aqui, aqui e aqui) já salientei a importância do julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF) dos Recursos...
Leia mais

Artigo – É meu, seu ou nosso? – Por Marcia Dessen

Artigo – É meu, seu ou nosso? – Por Marcia Dessen Evite conflitos e escolha, antes de casar, o regime da comunhão de bens Nem sempre um casal decide e planeja o casamento. Muitas vezes, acontece aos poucos, e, de repente, estão casados ou vivendo em união estável. Independentemente da forma ou da...
Leia mais

O divórcio do homem mais rico do mundo e o pacto antenupcial

O divórcio do homem mais rico do mundo e o pacto antenupcial          Lucas Marshall Santos Amaral 11 Janeiro 2019 | 04h00 Jeff Bezos e MacKenzie Bezos estão casados há 25 anos. Foi nesse período que ele se tornou o homem mais rico do mundo. Porém, a vida de...
Leia mais

Afeto como elemento basilar da relação familiar

Afeto como elemento basilar da relação familiar    10/01/19 ÀS 00:00 André Vieira Saraiva de Medeiros A família sofreu inúmeras modificações ao longo dos anos e – por consequência do processo evolutivo – a concepção de parentalidade foi extensivamente alterada, sob influência direta da...
Leia mais

A opção extrajudicial de recuperação de empresas

A opção extrajudicial de recuperação de empresas 7 de janeiro de 2019, 6h24 Por Murilo Aires Na recuperação extrajudicial não há intervenção do Ministério Público, nomeação de administrador judicial nem mesmo prazo mínimo de dois anos de supervisão judicial. Confira em Consultor Jurídico
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados