Representantes de TVs comunitárias pedem veto a PLC 116

12/09/2011 - 10h45

Representantes de TVs comunitárias pedem veto a PLC 116

 

Reunidos em audiência da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado, representantes de TVs comunitárias de todo o país fizeram apelo à presidente Dilma Rousseff para que vete dispositivos do projeto de lei da Câmara (PLC 116/2010), aprovado em agosto pelo Congresso Nacional e que deve ser sancionado até esta segunda-feira (12). O PLC 116 dispõe sobre a abertura do sistema de televisão por assinatura para as empresas de telecomunicações.

Um dos pontos que devem ser vetados, segundo a Associação Brasileira de Canais Comunitários (ABCCOM), é o dispositivo que abre à possibilidade de as operadoras de TV a cabo alegarem dificuldades técnicas ou econômicas para excluírem ou impedirem de levar ao ar canais públicos, entre eles os educativos, universitários, culturais, comunitários e até legislativos. Pela legislação em vigor, as operadoras são obrigadas a transmitir tais canais.

Os representantes das TVS comunitárias alegam que muitas deixarão de existir se o PLC for sancionado na íntegra.

Da Redação / Agência Senado
 

Notícias

Investimento em inovação pode reduzir gastos com impostos em até 180%

Investimento em inovação pode reduzir gastos com impostos em até 180% 15 de maio de 2019, 6h44 Por Adelmo Nunes Historicamente, o Brasil se encontra em constante ascendência quando o assunto é desenvolvimento e inovação tecnológica e isso graças às políticas internas relacionadas à ciência e...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados