TJSC: Desacerto resulta em dissolução de empresa familiar

TJSC: Desacerto entre sócios e irmãos resulta em dissolução de empresa familiar

A 1ª Câmara de Direito Comercial do Tribunal de Justiça manteve decisão da comarca de Blumenau, que determinou a dissolução de uma empresa com formação societária composta por quatro irmãos, e cujo único patrimônio consiste em um terreno de grande valor comercial em Itapema. Segundo os autos, um deles, sócio minoritário da empresa mas na condição de seu diretor, pleiteou a exclusão dos três irmãos da sociedade, com a proposta de quitar suas participações somente após empreendimento que projetara para o imóvel na praia.

A decisão de primeiro grau, contudo, determinou a dissolução da sociedade e a nomeação de um liquidante para administrar o único bem da empresa e providenciar a divisão dos lucros – e eventuais prejuízos - entre os sócios-irmãos. O desembargador Rodrigo Antônio da Cunha, relator da matéria, acompanhou esse entendimento e ressaltou não ser admissível que o sócio minoritário, com 33% do capital social, queira impor aos irmãos e sócios, detentores de 67% das cotas, sua forma de administrar.

Para o relator, é risível, ou mesmo surreal, seu propósito de empreender solitariamente com base no único imóvel da sociedade para só após, com o produto de tal iniciativa, proceder ao pagamento das cotas-partes devidas aos sócios majoritários. Pelo desacerto societário e familiar registrado, o desembargador entendeu ser o melhor caminho a indicação de um liquidante para definir o futuro do imóvel e sua consequente divisão entre os sócios na medida da cota-parte de cada um. A decisão foi unânime ( Apelação Cível n. 2008.026919-6).
 

Fonte: Site do TJSC
Extraído de Anoreg/BR 

Notícias

Usucapião de apartamento ou casa em condomínio de luxo

Usucapião de apartamento ou casa em condomínio de luxo Você já deve ter pensado que usucapião é apenas para imóveis abandonados ou aqueles imóveis em áreas mais remotas com casas inacabadas Data: 20/05/2024 14:05 Alterado: 20/05/2024 14:05 Autor: Aleksander Szpunar Netto Fonte: Assessoria Pois bem,...

Entidades pedem ao Congresso cautela em análise do novo Código Civil

Entidades pedem ao Congresso cautela em análise do novo Código Civil A nota aponta que alterar o CC sem que as novas regras reflitam verdadeiramente as necessidades e aspirações da sociedade seria equívoco de consequências indesejáveis. Da Redação terça-feira, 21 de maio de 2024 Atualizado às...

Juiz restabelece pagamento de pensão suspenso por união estável

VERBA ALLIMENTAR Juiz restabelece pagamento de pensão suspenso por união estável 20 de maio de 2024, 20h13 “Essa decisão reforça a importância do devido processo legal e dos direitos fundamentais em procedimentos administrativos que afetam diretamente a subsistência dos cidadãos. As autoridades...

Venda de imóveis entre pais e filhos: cuidados legais e planejamento sucessório

OPINIÃO Venda de imóveis entre pais e filhos: cuidados legais e planejamento sucessório Amadeu Mendonça 18 de maio de 2024, 13h26 Assinatura de todos os filhos como testemunhas: para evitar futuras alegações de fraude ou de que a transação prejudicou a legítima dos herdeiros, é aconselhável obter a...