"Aviação regional e infraestrutura turística serão prioridade da CDR"

 

23/02/2011 - 19h26

Aviação regional e infraestrutura turística serão prioridade da CDR, diz Benedito de Lira

[Foto:]

O desenvolvimento da aviação regional e a melhoria da infraestrutura turística nas cidades brasileiras serão prioridades na gestão do senador Benedito de Lira (PP-AL), eleito, nesta quarta-feira (23), para a presidência da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR). Ele recebeu 11 votos e trabalhará ao lado do vice-presidente, senador Eduardo Amorim (PSC-SE).

A preparação do país para a Copa do Mundo de 2014 e para a Olimpíada de 2016 desperta o interesse do colegiado, e as obras relacionadas aos eventos serão acompanhados de perto, explicou o senador.

- É fundamental a presença da comissão [CDR] para a Copa. Ela vai cuidar disso, dos dois grandes eventos. Vamos ter que cobrar, ajudar, participar e chamar todos que tenham responsabilidade com esse desenvolvimento - opinou.

O parlamentar chamou a atenção ainda sobre a responsabilidade que não cabe apenas ao poder público, mas também à iniciativa privada, de auxiliar no crescimento do país, afinal, são eles que "geram emprego, riqueza e pagam impostos".

Benedito de Lira também se comprometeu a tentar tornar os trabalhos da comissão atraentes, já que, segundo observou a senadora Ana Rita (PT-ES), a CDR se reúne pouco. Na opinião do novo presidente, o fato de o colegiado contar com a maioria de senadores ainda em primeiro mandato dará mais motivação para o trabalho, inclusive para atrair motivar os parlamentares mais antigos.

- Vamos convocar segmentos da sociedade para fazer extraordinárias audiências públicas, que chamem atenção. Vamos ter também uma conversa de pé de orelha com cada um [dos integrantes] para que os senadores se sintam motivados - prometeu.

Amazônia

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) prometeu apresentar requerimento para criar uma subcomissão para a Amazônia, para debater os problemas da região, que, segundo ela "são gigantescos", como a própria floresta. Outra ideia é modificar o nome da comissão, tornando-a Comissão de Desenvolvimento Regional, Turismo e Amazônia. Questionada sobre a possibilidade de a proposta não ser aprovada por seus pares, a senadora foi enfática:

- A região Amazônia é singular, em todos os seus aspectos e problemas. Acredito que não vai haver objeção.

Elina Rodrigues Pozzebom / Agência Senado
 

Notícias

Confira a diferença entre união estável e casamento

Confira a diferença entre união estável e casamento Veja aspectos e impactos das duas formas de união na vida do casal 18/03/2019 15h54 - Atualizado em 18/03/2019 18h15 Atualmente, do ponto de vista familiar, a união estável pouco difere do casamento. Por outro lado, quando se pensa no lado...
Leia mais

25 super dicas para você melhorar a qualidade das suas peças jurídicas

Sexta-feira, 23 de janeiro de 2015 25 super dicas para você melhorar a qualidade das suas peças jurídicas Selecionamos 25 dicas para advogados, promotores e concurseiros melhorarem as suas peças jurídicas. O pequeno manual foi produzido pelos procuradores da República Gustavo Torres Soares e Bruno...
Leia mais

Deputado requenta projeto de lei que quer acabar com o Exame de Ordem

PROPOSTA ANTIGA Deputado requenta projeto de lei que quer acabar com o Exame de Ordem 11 de março de 2019, 13h58 Por Fernanda Valente A justificativa para o fim do Exame de Ordem para os bacharéis em Direito é a equiparação com as outras profissões do país que "não têm a necessidade de se...
Leia mais

Imóvel de inventários exige maiores cuidados

Imóvel de inventários exige maiores cuidados Diário das Leis - Noticias Kênio de Souza Pereira  Quando uma pessoa falece, imediatamente todo o seu patrimônio é transmitido aos herdeiros, sendo que o inventário consiste na formalização da divisão dos bens, de modo que o formal de partilha...
Leia mais

Mudar o vigente regime sucessório brasileiro é urgente

DIREITO CIVIL ATUAL Mudar o vigente regime sucessório brasileiro é urgente 11 de março de 2019, 8h02 Por Carlos Alberto Garbi Embora o modelo familiar atual revele profundas transformações ocorridas nos últimos anos, o direito sucessório pouco mudou para acompanhar a nova família[5], mostrando-se...
Leia mais

Imunidade do ITBI independe da forma de avaliação do imóvel colacionado

CONSULTOR TRIBUTÁRIO Imunidade do ITBI independe da forma de avaliação do imóvel colacionado 6 de março de 2019, 9h32 Por Igor Mauler Santiago A celeuma provém do artigo 23 da Lei 9.249/95, segundo o qual “as pessoas físicas poderão transferir a pessoas jurídicas, a título de integralização de...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados