Artigo – Tendências de tecnologia para 2022: segurança, automação e velocidade

Artigo – Tendências de tecnologia para 2022: segurança, automação e velocidade

Por Joelson Sell

Embora a pandemia do coronavírus tenha ceifado muitas vidas, ela também representou uma grande possibilidade de fomentar novas tecnologias na vida de milhões de brasileiros, alternativa utilizada por empresas durante as restrições impostas pelo vírus.

De acordo com pesquisa da IDC, o investimento em transformação digital ainda está crescendo com uma taxa anual de 15,5% até 2023 e deve se aproximar de US$ 6,8 trilhões. Em 2022, 70% de todas as empresas terão acelerado o uso de tecnologias digitais.

E, para que os profissionais possam inovar e melhorar a eficiência, há uma série de tecnologias que podem gerar resultados nos negócios. Mas, dentre tantas opções, quais são as principais tendências para 2022?

Cibersegurança

Uma pesquisa da PwC Digital Trust Insights 2022, com resultados no Brasil, demonstra que 83% dos líderes de organizações empresariais no país preveem aumentar seus gastos com cibersegurança no ano que vem. O alto índice deve-se ao fato de 2021 ter sido marcado por muitos casos de invasões e vazamentos de dados.

Para mudar essa realidade, especialistas apontam que será necessário investir em três áreas principais: treinamento de pessoal e contratação de profissionais qualificados, tecnologia em si e melhor modelo de governança.

Também será preciso considerar as implicações da Lei Geral de Proteção de Dados para o processamento de dados durante a coleta, preservação, revisão e produção de evidências. Portanto, obter software de gestão em nuvem, com protocolo de segurança rigoroso, será o melhor método para mitigar qualquer violação de dados.

Automação e rastreamento

Estudiosos também acreditam que o sucesso dos negócios está diretamente relacionado à qualidade na automação dos processos, visando assegurar a eficiência operacional da empresa.

As ferramentas digitais para automatizar processos devem aprimorar o desenho de fluxos de trabalho, contribuindo para que as organizações deixem para trás as antigas abordagens de automação baseadas em script, passando a novos modelos que sejam mais facilmente gerenciáveis, escaláveis e sustentáveis.

Além disso, com os profissionais precisando resolver demandas remotamente e, principalmente, precisando demandar tarefas, a possibilidade de rastrear e acompanhar será uma das fortes tendências do próximo ano.

Análises e velocidade

Uma plataforma que forneça ferramentas otimizadas de relatórios, análises e KPIs (Indicador-chave de Performance), ajuda os usuários a atingir seus objetivos, modificando a prática de trabalho para se tornarem mais produtivos e eficientes.

Um KPI é um indicador mensurável, podendo ser um percentual ou um número, que pode ser aplicado em diferentes situações em um negócio.

Com essa ferramenta é possível, por exemplo, mensurar resultados de estratégias de marketing, vendas, engajamento do público, atendimento ao cliente, entre outras.

Também vale lembrar que no Brasil, a disponibilidade da telefonia 5G parece estar próxima e o sinal deve estar disponível até o final do primeiro semestre de 2022. Do ponto de vista dos negócios, além de tudo o que se diz sobre conectividade, velocidade, novos serviços, o que se pode projetar é um consumidor cada vez mais mobile.

Entre as principais novidades da tecnologia 5G, estão a transmissão de altas taxas de dados e em baixa latência, ou seja, no menor espaço de tempo possível, com segurança e confiabilidade.

*Joelson Sell é um dos fundadores da Escriba Informatização Notarial e Registral, além de Diretor de Relações Institucionais da empresa.

Fonte: Escriba
Extraído de Anoreg/BR

 

Notícias

Artigo – Sou filho único. Preciso mesmo abrir um inventário?

Artigo – Sou filho único. Preciso mesmo abrir um inventário? Inventário é a abertura de um processo judicial ou extrajudicial, no qual é feita a descrição de todos os bens do falecido e qual quinhão pertencerá a cada herdeiro. A perca de um ente querido é sempre um momento muito difícil, na verdade...

Valor Econômico – Judiciário concede separação por liminar

Valor Econômico – Judiciário concede separação por liminar Nos últimos anos, medida sem prévia citação de uma das partes sobre o processo tem se tornado menos rara A prática tem se consolidado desde então, segundo Rodrigo da Cunha Pereira, presidente do Instituto Brasileiro de Direito de Família...

Casamento homoafetivo ainda não é regulamentado por lei no Brasil

Casamento homoafetivo ainda não é regulamentado por lei no Brasil Janaína Araújo | 19/01/2022, 10h10 O casamento homoafetivo no Brasil ainda não foi regulamentado por lei, embora seja garantido por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Esse é um dos pontos que ficaram de fora do novo Código...

Valor Econômico – Artigo – Nova proposta para o Marco Legal de Garantias

Valor Econômico – Artigo – Nova proposta para o Marco Legal de Garantias A proposta é um importante mecanismo de aprimoramento do mercado imobiliário e de oferta ao crédito No fim de novembro, o governo federal enviou ao Congresso Nacional o Projeto de Lei nº 4.188/21, o novo Marco Legal das...

Projeto quer alterar CPC e regras de julgamentos

Projeto quer alterar CPC e regras de julgamentos O texto, que tramita no Senado, tem como objetivo deixar as decisões dos Tribunais Superiores e de 2ª instância mais claras. quarta-feira, 5 de janeiro de 2022 Está em tramitação no Senado Federal o PL 4.311/21, de autoria do senador Rodrigo Cunha,...

Não é possível usucapião de imóvel abandonado financiado pelo SFH, diz STJ

FUNÇÃO PÚBLICA Não é possível usucapião de imóvel abandonado financiado pelo SFH, diz STJ 23 de dezembro de 2021, 18h19 Por Danilo Vital Em seu voto, a ministra Nancy Andrighi explica que os imóveis públicos, mesmo desocupados, possuem finalidade específica, de atender a necessidades da...