Deputado quer facilitar troca de nome de pessoa transexual

Extraído de Recivil

Deputado quer facilitar troca de nome de pessoa transexual

O deputado e ex-prefeito do Recife, João Paulo (PT-PE) , apresentou o seu primeiro projeto de lei (PL) na Câmara, que prevê a mudança de prenome da pessoa transexual que realizar cirurgia para troca de sexo diretamente no cartório, independentemente de decisão judicial. De acordo com o deputado, a iniciativa pretende tornar a mudança de nome um processo mais rápido e menos traumático e burocrático. "A idéia é facultar à pessoa que se submeteu à cirurgia, mediante a comprovação de documentação médica, averbar a sua real identidade em seu registro civil, sem que haja um processo judicial para isso", explicou o parlamentar, acrescentando que a medida também garantirá a diminuição das desigualdades sociais.

Se aprovado, o PL acrescentará um artigo à Lei de Registros Públicos, nº 6.015/73, que passaria a vigorar acrescida de um artigo, determinando: "a pessoa transexual que realizar mudança de sexo, devidamente comprovada por laudos médicos competentes, poderá trocar o seu prenome no registro civil, independentemente de decisão judicial". Os projetos em tramite hoje atrelam a mudança de prenome a uma decisão judicial.

Cidadania - Essa não é a primeira iniciativa de João Paulo voltada para o fortalecimento da cidadania LGBT. Quando foi prefeito do Recife (2001/2008), o parlamentar garantiu o direito à pensão para casais de servidores do mesmo sexo, sancionou duas leis punindo os estabelecimentos comerciais que praticam discriminação com base na orientação sexual, implantou a Gerência de Livre Orientação Sexual (ligada à Secretaria de Direitos Humanos e Segurança Cidadã) e realizou a primeira conferência municipal de livre orientação sexual.


 

Fonte: Informes - BR
Publicado em 20/05/2011

 

Notícias

Trisais: ‘Estado não pode se colocar contra essa realidade’, diz advogado

Trisais: ‘Estado não pode se colocar contra essa realidade’, diz advogado Relacionamentos não monogâmicos não são permitidos dentro da constituição brasileira. Os tribunais superiores, o STF e o STJ, entendem que que pessoas que praticam poliamor estão praticando concubinato (relação entre homens e...

Princípio de Saisine: posição jurisprudencial do STJ e direito de herança

OPINIÃO Princípio de Saisine: posição jurisprudencial do STJ e direito de herança 3 de julho de 2022, 17h06 Por Gerson Lopes Fonteles Em recente entendimento, a 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou provimento no recurso especial de um herdeiro que desejava anular deliberações...

Governo entrega primeiras carteiras de identidade nacional

Governo entrega primeiras carteiras de identidade nacional Origem das Imagens/Fonte: Anoreg/BR Detalhes do novo modelo de passaporte também foram apresentados. O presidente Jair Bolsonaro participa de cerimônia de emissão das novas carteiras de identidade nacional nos estados e do lançamento...

O que há em comum entre o divórcio e a dissolução parcial de sociedade

OPINIÃO O que há em comum entre o divórcio e a dissolução parcial de sociedade 29 de junho de 2022, 7h12 Por Ana Carolina Lessa Um dos principais tema do Direito de Família é o casamento, que estabelece, concomitantemente, sociedade conjugal e vínculo matrimonial. Leia em Consultor Jurídico