Entenda como funciona a permuta de imóveis

Entenda como funciona a permuta de imóveis

Publicado em: 09/01/2018

Diversas formas alternativas de negociação têm se tornado comuns no mercado imobiliário, sendo a permuta uma das mais recorrentes, que tem atraído cada vez mais pessoas pelas boas possibilidades de negócios que oferece.

Imagine o seguinte cenário: você tem um apartamento pequeno, mas quer trocá-lo por uma casa maior. O valor que você tem em caixa não é suficiente para a compra de uma casa pronta e vender o apartamento em tempo hábil parece difícil. Nessa situação, é mais fácil oferecer o apartamento como parte do pagamento e conseguir o abatimento no valor que precisa ser pago em capital. Afinal, o vendedor da casa pode estar interessado em liquidar uma parte do valor da casa, mas ter um outro imóvel garantido.

Esse tipo de situação é o que se denomina de permuta. Ou seja, uma parte do valor do imóvel não é pago em dinheiro ou crédito, mas com um bem que seja de interesse do vendedor e que entra como uma parcela do preço total. A permuta é uma estratégia de vendas muito utilizada em outras áreas - com a compra e venda de carros, por exemplo - e que tem se tornado muito comum no mercado imobiliário.

"Quando se expande a família ou chega a hora de mudar para um imóvel maior, nem sempre é vantajoso para o comprador fazer financiamentos completos ou tentar vender seu imóvel. Da mesma forma, para o vendedor, oferecer a possibilidade de permuta amplia as possibilidades de negociação e pode agilizar o processo de venda. Muitas vezes, ambas as partes conseguem o que precisam em uma única transação", afirma Tarik Faraj, sócio-fundador da TRK Imóveis, empresa do segmento imobiliário com sede em Brasília.

Como realizar uma permuta?

A primeira coisa que precisa ser definida na permuta é se haverá torna, que é o nome dado ao valor adicional pago para complementar o montante. Isso porque ela é determinante para a tributação da venda: quando não existe torna, o negócio fica isento no imposto de renda. Isso também é uma boa forma de negociação. "muitas vezes, é mais vantajoso aceitar uma permuta sem torna do que exigir esse pagamento e precisar arcar com o pagamento do imposto." Ressalta Tarik Faraj, da TRK Imóveis

A escrituração também tem suas peculiaridades. O contrato de permuta de imóveis precisa ser feito na forma de escritura pública, em que são determinadas as condições da transação e as determinações de tributação. Os custos com essa parte burocrática são praticamente os mesmos de qualquer transação imobiliária e devem ser discutidas no ato da compra, para que cada parte esteja ciente de como tudo irá decorrer e de tudo o que ele vai precisar pagar.

Vantagens

Por conceito, a permuta atende aos interessantes de ambas as partes e ajuda a viabilizar transações que não poderiam acontecer de outra forma. É claro que as condições variam muito de uma situação para outra, mas quando realizada, geralmente, a permuta atende aos objetivos de todos. Quem procura um imóvel particular pode abrir suas possibilidades e encontrar opções muito interessantes, mas quem quer um imóvel para investir também tem um leque de opções à frente.

Quando se trata em investimentos de imóveis, a lucratividade muitas vezes se opõe à pouca liquidez dos bens. Um imóvel bastante valorizado, por exemplo, pode ser uma excelente fonte de renda através da sua locação, mas é mais difícil de ser vendido por demandar um alto capital. Além disso, nem sempre se quer liquidar todo o patrimônio, mas uma parte dele. Nesse caso, a troca por um imóvel menor, com uma torna significativa, pode ser a solução perfeita para o investidor que deseja manter a fonte de renda e ainda ter um pouco de capital em mãos.

Fonte: Info Money
Extraído de Recivil

Notícias

Câmara aprova PL que cria juizados para processar crimes digitais

Câmara aprova PL que cria juizados para processar crimes digitais Proposta ainda depende de aprovação no Senado Publicado em 17/10/2018 - 19:25 Por Paulo Victor Chagas - Repórter da Agência Brasil *  Brasília A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados concluiu...
Leia mais

Juízes vão ter de decidir brigas por herança digital

Juízes vão ter de decidir brigas por herança digital Situações envolvendo arquivos virtuais estão se tornando comuns e desafiam a Justiça, já que ainda não existe solução regulamentada Por Verônica Aguiar, do jornal A Tribuna 14/10/2018 às 16:35 Redes sociais, e-mails, arquivos de música, filmes,...
Leia mais

Dados da CRC Nacional sobre paternidade no Fantástico

Dados da CRC Nacional sobre paternidade no Fantástico Publicado em: 15/10/2018 No primeiro episódio da série Quem é Meu Pai, o repórter Marcelo Canellas foi a Santa Catarina para contar a história da Jéssica, de 22 anos. Ela já tinha feito um exame de DNA quando criança. Mesmo com o resultado...
Leia mais

ARTIGO – DIREITO A HERANÇA EM SEPARAÇÃO DE BENS – POR FÁBIO GALLO

ARTIGO – DIREITO A HERANÇA EM SEPARAÇÃO DE BENS – POR FÁBIO GALLO No casamento com regime parcial de bens o cônjuge é meeiro no patrimônio comum do casal Sou casado com comunhão parcial de bens e ainda não tenho filhos, mas gostaria de saber como ficaria a herança no caso de meu falecimento. O que...
Leia mais

Casamento: sete dicas para proteger os bens em casamentos

Casamento: sete dicas para proteger os bens em casamentos Recomendações são do advogado Paulo Lins e Silva O Globo 06/10/2018 - 04:30 / 06/10/2018 - 10:47 O advogado Paulo Lins e Silva esclarece quais são os direitos dos noivos, de acordo com o regime adotado. No regime de separação de bens...
Leia mais

A admirável conquista da verdade

A admirável conquista da verdade 12:00 / 06 de Outubro de 2018  ATUALIZADO ÀS 12:02 O Código Clóvis Atualizado de fato contemplou no campo do Direito de Família adequado tratamento modernizador. Vale neste ramo apontar a acolhida generosa refletida no reconhecimento da união estável, ditada...
Leia mais

Homem que mora em imóvel herdado deve pagar aluguel a irmãos

Sucessão Homem que mora em imóvel herdado deve pagar aluguel a irmãos Decisão é da 9ª câmara de Direito Privado do TJ/SP. quinta-feira, 4 de outubro de 2018 Herdeiro que recebeu 25% de imóvel por meio de inventário e habita nele isoladamente deve pagar aluguel devido a irmãos. Decisão é da 9ª...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados