Brasileiro está mais pessimista, aponta DataSenado

 

13/06/2011 - 19h12

Brasileiro está mais pessimista, aponta DataSenado 

Pesquisa sobre o estado de espírito do cidadão frente ao ambiente econômico do país, realizada pelo DataSenado em maio de 2011, identificou maior pessimismo e preocupação com saúde, segurança e educação. Os resultados são parciais: foram consolidados 80% dos questionários de 1.200 pessoas pesquisadas.

A pesquisa, de abrangência nacional, foi feita por telefone pela Secretaria de Pesquisa de Opinião (Sepop) com pessoas maiores de 16 anos.

O avanço inflação nos últimos meses se refletiu nas respostas dos cidadãos. O pessimismo é maior entre os que responderam em maio do que aqueles consultados em outubro de 2010.

Quando questionados sobre os últimos seis meses, 28% responderam que a vida melhorou (contra 36% em outubro de 2010), 52% que permaneceu igual (51% em outubro) e 19% que piorou (12% em outubro).

Sobre a condição econômica nos últimos seis meses, na atual pesquisa, 21% disseram que melhorou (contra 28% em outubro), 49% que ficou igual (51% em outubro) e 29% que piorou (21% em outubro).

Futuro

Para os próximos seis meses, 57% disseram esperar uma melhora (na pesquisa de outubro de 2010 eram 61%), 25% entendem que a situação ficará igual (22% em outubro) e 11% temem que possa piorar (apenas 6% em outubro).

No que diz respeito à qualidade de vida, o emprego, que tradicionalmente sempre foi uma das grandes preocupações da população, apareceu atrás de saúde e segurança. Preocupações significativas e permanentes com esses temas indicam que o cidadão não está vendo resultados e melhorias nesses campos.

Já as principais preocupações foram saúde, com 32% (35% em outubro); segurança, com 27% (26% em outubro); educação, com 16% (mesmo índice de outubro); e emprego, com 10% (12% em outubro).

Silvia Gomide / Agência Senado
 

Notícias

Pais devem pagar pensão à filha sob guarda da avó materna, decide TJSP

Pais devem pagar pensão à filha sob guarda da avó materna, decide TJSP 07/07/2021 Fonte: Assessoria de Comunicação do IBDFAM A 10ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo – TJSP negou provimento ao recurso dos pais de uma menina, que buscavam reformar decisão para se eximirem...

Plataformas online oferecem ferramentas para herança digital

PERFIL POST MORTEM Plataformas online oferecem ferramentas para herança digital 28 de julho de 2021, 7h31 Atualmente, todas essas situações são reguladas pelas disposições gerais de Direito Sucessório e Digital. Assim, os procedimentos e configurações das plataformas, ainda que limitadas, são o...

2ª Câmara Cível do TJRO não reconhece união estável após morte à namorada

Terça, 20 Julho 2021 10:09 2ª Câmara Cível do TJRO não reconhece união estável após morte à namorada A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Rondônia negou provimento ao recurso de apelação que visava o reconhecimento de união estável pós morte. Os desembargadores concluíram que, todos os...