Brasileiro está mais pessimista, aponta DataSenado

 

13/06/2011 - 19h12

Brasileiro está mais pessimista, aponta DataSenado 

Pesquisa sobre o estado de espírito do cidadão frente ao ambiente econômico do país, realizada pelo DataSenado em maio de 2011, identificou maior pessimismo e preocupação com saúde, segurança e educação. Os resultados são parciais: foram consolidados 80% dos questionários de 1.200 pessoas pesquisadas.

A pesquisa, de abrangência nacional, foi feita por telefone pela Secretaria de Pesquisa de Opinião (Sepop) com pessoas maiores de 16 anos.

O avanço inflação nos últimos meses se refletiu nas respostas dos cidadãos. O pessimismo é maior entre os que responderam em maio do que aqueles consultados em outubro de 2010.

Quando questionados sobre os últimos seis meses, 28% responderam que a vida melhorou (contra 36% em outubro de 2010), 52% que permaneceu igual (51% em outubro) e 19% que piorou (12% em outubro).

Sobre a condição econômica nos últimos seis meses, na atual pesquisa, 21% disseram que melhorou (contra 28% em outubro), 49% que ficou igual (51% em outubro) e 29% que piorou (21% em outubro).

Futuro

Para os próximos seis meses, 57% disseram esperar uma melhora (na pesquisa de outubro de 2010 eram 61%), 25% entendem que a situação ficará igual (22% em outubro) e 11% temem que possa piorar (apenas 6% em outubro).

No que diz respeito à qualidade de vida, o emprego, que tradicionalmente sempre foi uma das grandes preocupações da população, apareceu atrás de saúde e segurança. Preocupações significativas e permanentes com esses temas indicam que o cidadão não está vendo resultados e melhorias nesses campos.

Já as principais preocupações foram saúde, com 32% (35% em outubro); segurança, com 27% (26% em outubro); educação, com 16% (mesmo índice de outubro); e emprego, com 10% (12% em outubro).

Silvia Gomide / Agência Senado
 

Notícias

Como comprovar a união estável perante ao INSS?

Como comprovar a união estável perante ao INSS? Por Gabriel -22 de outubro de 2020 É muito comum encontrar casais que optam por morar em casas separadas ou na mesma casa e acaba que com o tempo de convivência não é feito nenhum registro de união e com isso surgem muitas dúvidas em como regularizar...

Divórcio é concluído em menos de 24 horas

Divórcio é concluído em menos de 24 horas na comarca de Cocalzinho Publicado: 16 Outubro 2020 Uma sentença de divórcio consensual foi homologada na comarca de Cocalzinho de Goiás, pelo juiz Levine Raja Gabaglia Artiaga, menos de 24 horas após a protocolização do pedido. A petição foi apresentada na...

Assinatura eletrônica e Assinatura digital: qual a diferença?

Assinatura eletrônica e Assinatura digital: qual a diferença? Alguns esclarecimentos para que não haja mais confusão entre os termos Você certamente já ouviu falar em “assinatura eletrônica” e “assinatura digital”, mas, na prática, sabe qual a diferença entre elas? Neste post vamos explicar o...

A proteção e o planejamento do patrimônio por meio de cláusulas especiais

15/10/2020 | domtotal.com A proteção e o planejamento do patrimônio por meio de cláusulas especiais Os contratos são a maior expressão da liberdade de contratar e com quem contratar Renato Campos Andrade* Os contratos entre particulares permitem uma ampla gama de possibilidades, tendo em vista que...

Bolsonaro sanciona novo Código de Trânsito e diz que pode complementar lei

Bolsonaro sanciona novo Código de Trânsito e diz que pode complementar lei Por Flávia Said Em 13 out, 2020 - 20:02 “Algumas coisas foram alteradas. Não era aquilo que nós queríamos, mas houve algum avanço e com toda certeza o ano que vem a gente pode apresentar um novo projeto buscando corrigir...

Doação com encargo e a eficácia contra terceiros e o registro de imóveis

Doação com encargo e a eficácia contra terceiros e o registro de imóveis Carlos Eduardo Elias de Oliveira quarta-feira, 14 de outubro de 2020 1. Introdução O encargo previsto em uma escritura pública de doação deve ou não constar na matrícula do imóvel? Esse encargo tem eficácia contra terceiros?...

STF barra retrocesso e reafirma proibição de trabalho a menores de 16 anos

INVERSÃO DE RESPONSABILIDADES STF barra retrocesso e reafirma proibição de trabalho a menores de 16 anos 12 de outubro de 2020, 13h44 Por Fernanda Valente O ministro também considerou as sequelas físicas, emocionais e sociais das crianças e adolescentes expostas a exploração do trabalho...