"Pesquisa mostra que o 'SUS é mais bem avaliado por quem o utiliza"

15/02/2011 - 19h26

Humberto Costa: pesquisa mostra que o 'SUS é mais bem avaliado por quem o utiliza'

[senador Humberto Costa ]

O senador Humberto Costa (PT-PE), ex-ministro da Saúde, informou ao Plenário que uma pesquisa divulgada nesta semana mostra que 30% dos entrevistados que "tiveram alguma experiência" o Sistema Único de Saúde (SUS) nos últimos 12 meses consideram "bons ou muito bons" os serviços do sistema público de saúde. O trabalho foi feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), do governo federal.

Para ele, "não é novidade" afirmar que "a saúde pública vem sendo alvo predileto de críticos do sistema público e defensores da privatização da saúde".

- A novidade é sabermos que os usuários do SUS não pensam da mesma maneira que esses críticos. Estes têm uma percepção do sistema público positiva semelhante aos obtidos nos estudos sobre serviços bancários e de telecomunicações - afirmou.

Humberto Costa registrou que a pesquisa mostrou elevada aprovação do Programa Saúde da Família e da distribuição gratuidade de medicamentos.

- Nada menos que 80,7 por cento dos entrevistados que utilizaram ou acompanharam algum familiar beneficiado pelo Programa Saúde da Família avaliaram o serviço como bom ou muito bom. A distribuição gratuita de medicamentos é percebida como um serviço bom ou muito bom por 69,6 por cento dos usuários - informou.

O petista de Pernambuco acrescentou que o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva quase dobrou o número de equipes do Saúde da Família, que passou de 16 mil em 2003 para 31 mil recentemente. Fora isso, disse, no governo Lula as equipes passaram a contar também com um dentista e um auxiliar de consultório dentário.

Ele foi cumprimentado, em aparte, pelo senador Jorge Viana (PT-AC), o qual sustentou que o Congresso precisa criar condições "mais adequadas" para o financiamento da saúde pública. Humberto Costa concordou e lamentou que o SUS "ainda padece de problemas graves" de pessoal e na qualidade do atendimento especializado e de urgência. Acrescentou que a origem destes problemas é a falta de dinheiro.

Agência Senado
 

Notícias

Apontamentos sobre o reconhecimento da união estável

MP NO DEBATE Apontamentos sobre o reconhecimento da união estável 17 de junho de 2019, 8h00 Por Maria Fátima Vaquero Ramalho Leyser Antes da promulgação da Constituição Federal de 1988, a convivência entre homem e mulher, como se fossem casados, isto é, a união estável entre pessoas de sexo...
Leia mais

Governo divulga lista de negócios que podem ser abertos sem alvará

Governo divulga lista de negócios que podem ser abertos sem alvará Publicado em 12/06/2019 - 20:49 Por Jonas Valente – Repórter Agência Brasil  Brasília Foi publicada hoje no Diário Oficial da União uma lista com 287 atividades econômicas que não precisarão de autorizações prévias para...
Leia mais

Artigo - Cadê meus bens? – Por Ivone Zeger

12/06/2019 Artigo - Cadê meus bens? – Por Ivone Zeger A comunhão é parcial, mas há quem insista em pedir a herança do que não lhe pertence. Quando ela iniciou o relacionamento, ele já tinha uma empresa. Permaneceram em união estável por cinco anos, até o falecimento dele. Nesse período, a empresa...
Leia mais

Site que intermediou venda não é responsável por produto com defeito

RELAÇÃO DE CONSUMO Site que intermediou venda não é responsável por produto com defeito 11 de junho de 2019, 7h25 Por Gabriela Coelho "O site presta serviços de veiculação e intermediação de produtos e serviços na internet, integrando a cadeia de fornecimento de produtos e serviços, restando...
Leia mais

Casamento infantil atinge 115 milhões de meninos no mundo

Casamento infantil atinge 115 milhões de meninos no mundo por Celio Martins[09/06/2019] [20:45] Quando se trata de casamento infantil, na maioria das vezes os estudos se referem a meninas. Apesar de os casos de casamentos precoces terem maior incidência no sexo feminino, um grande número de meninos...
Leia mais

Jurisprudência mineira - Cobrança - Fundo de promoção - Legitimidade passiva - Empresário individual - Pessoa natural - Confusão patrimonial - Morte - Espólio - Responsabilidade solidária do sucessor

11 - JUN, 2019 - Jurídico Jurisprudência mineira - Cobrança - Fundo de promoção - Legitimidade passiva - Empresário individual - Pessoa natural - Confusão patrimonial - Morte - Espólio - Responsabilidade solidária do sucessor COBRANÇA - FUNDO DE PROMOÇÃO - LEGITIMIDADE PASSIVA - CERCEAMENTO DE...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados