Extintor poderá ser ítem obrigatório nos veículos

Vice-presidente da Comissão de Fiscalização e Controle, o senador Rodrigo Pacheco é relator do projeto no colegiado e pediu o debate sobre a necessidade de extintores em automóveis
Marcos Oliveira/Agência Senado - Fonte: Agência Senado

Comissão vai debater projeto que obriga extintor de incêndio em veículos

Da Redação | 10/09/2019, 12h04

O PLC 159/2017, que altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503, de 1997) incluindo o extintor com carga de pó ABC na lista de itens obrigatórios dos veículos, será debatido pela Comissão de Transparência, Fiscalização e Controle (CTFC), na próxima quinta-feira (12), às 10h. A audiência pública foi solicitada pelo relator, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

A proposta, do deputado Moses Rodrigues (MDB-CE), foi rejeitada na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), em maio deste ano. Na ocasião, o relator, senador Styvenson Valentim (Podemos-RN), argumentou que não existem estatísticas que comprovem a eficácia do extintor.

A obrigatoriedade do equipamento já havia sido derrubada em setembro de 2015 pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que o considerou desnecessário diante da evolução tecnológica da indústria automobilística. Styvenson enfatizou a existência de inovações que apontam para a redução do número de incêndios, apesar do aumento da frota. É o caso do corte automático do combustível em caso de colisão, localização do tanque de combustível e uso de materiais e revestimentos com mais resistência ao fogo.

Foram convidados para participar do debate o vice-presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Equipamentos contra Incêndio e Cilindros de Alta Pressão (Abiex), Claudio Sachs; o vice-presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Carlos Eduardo Lemos; o assessor técnico da Associação Brasileira das Empresas Vistoriadoras e Distribuidoras de Extintores Veiculares (Abravea), Jair Lousano Filho; o diretor jurídico da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (Fenaprf), além de um representante do Corpo de Bombeiros Militar.

A reunião será realizada na sala 9 da Ala Alexandre Costa.

COMO ACOMPANHAR E PARTICIPAR

Participe:
https://bit.ly/audienciainterativa
Portal e-Cidadania:
senado.leg.br/ecidadania
Alô Senado (0800 612211)

Fonte: Agência Senado

Notícias

Aprovada pela CDH, alteração na Lei de Alienação Parental vai à CCJ

Aprovada pela CDH, alteração na Lei de Alienação Parental vai à CCJ 18/02/2020, 20h22 A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) aprovou nesta terça-feira (18) alterações na Lei de Alienação Parental (PLS 498/2018). Pelo substitutivo da senadora Leila Barros (PSB-DF), antes...
Leia mais

Artigo – A ata notarial como instrumento ambiental e urbanístico

Artigo – A ata notarial como instrumento ambiental e urbanístico Por Thomas Nosch Gonçalves Resumo O presente artigo aborda a ata notarial como instrumento efetivo na busca da sustentabilidade ambiental e urbanística. Apresenta solução extrajudicial, tendo em vista que em todos municípios...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados