Justiça mineira transfere cargos de assessor para comarcas do interior

Origem da Imagem/Fonte: CNJ
Em Jacinto, com a nomeação de um assesor, a expectativa é aumentar a produtividade da comarca

Justiça mineira transfere cargos de assessor para comarcas do interior

14/05/2018 - 11h19

Com o objetivo de aumentar a produtividade no julgamento de ações na Primeira Instância, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) vai remanejar 45 cargos de assessores para unidades judiciárias do estado. As comarcas nas quais o juiz passa a ter um assessor são Aimorés, Arinos, Botelhos, Buritis, Caldas, Campina Verde, Carandaí, Coração de Jesus, Divino, Dores do Indaiá, Espinosa, Galileia, Ibiá, Itapecerica, Jaboticatubas, Jacinto, Jacutinga, Nova Era, Paraisópolis, Perdões, Rio Casca, Rio Pomba, Santa Vitória, São João da Ponte, Taiobeiras, Turmalina e Vazante.

As Unidades Jurisdicionais dos Juizados Especiais de Governador Valadares, Belo Horizonte (Criminal), Contagem, Betim, Sete Lagoas, Juiz de Fora, Campo Belo, São Sebastião do Paraíso, Itabira, Nova Lima e Caratinga também terão cargos de assessores.

A destinação desses cargos (reserva da Presidência) para comarcas prioriza as que possuem maior movimentação e teve por objetivo melhorar a prestação jurisdicional. Tal medida representa maior investimento na Primeira Instância, conforme previsto em resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

A juíza da Comarca de Jacinto, Paula Ozi Silva Rosalin de Oliveira, tem uma boa expectativa com a chegada de um novo assessor para auxiliá-la. A magistrada espera que a produtividade seja aumentada, já que o assessor poderá ajudá-la nas audiências. Atualmente,  há uma média de 40 audiência por semana. Ainda segundo a juíza, o trabalho no gabinete também seria mais produtivo com a presença de um assessor.

O juiz Alexandre de Jesus Gomes, da Unidade Jurisdicional do Juizado Especial da Comarca de São Sebastião do Paraíso, comenta que o assessor vai colaborar para reduzir o acervo do Juizado, que se aproxima de 8 mil ações. “Por ser um juízo misto – ações cíveis, criminais e da fazenda pública –, o volume de trabalho é elevado.", afirma. O assessor vai auxiliar o juiz nas audiências de instrução e conciliação, o que vai facilitar seu trabalho de também redigir despachos e sentenças.

A lotação desses cargos é provisória. No início de cada ano, a Secretaria Executiva de Planejamento e Qualidade na Gestão Institucional (Seplag) fará o comparativo dos períodos anteriores e posteriores ao provimento dos cargos, detalhando as taxas de distribuição e baixa, a operosidade quanto a sentenças, despachos e decisões, sessões de julgamento realizadas e despesa dos cargos. Esses dados irão subsidiar o presidente na decisão de manter ou não a autorização do provimento dos cargos de assessor.

Fonte: TJMG
Extraído de CNJ

Notícias

Apelação Cível - Reexame Necessário - Ação de Revisão de Cláusula C/C Declaratória de Anulação e/ou Modificação de Cláusula em Escritura - Doação de Imóvel pelo Município de Montes Claros - Cláusula de Inalienabilidade

22/01/2019 Apelação Cível - Reexame Necessário - Ação de Revisão de Cláusula C/C Declaratória de Anulação e/ou Modificação de Cláusula em Escritura - Doação de Imóvel pelo Município de Montes Claros - Cláusula de Inalienabilidade APELAÇÃO CÍVEL - REEXAME NECESSÁRIO - AÇÃO DE REVISÃO DE CLÁUSULA C/C...
Leia mais

TJ-SP admite extinção de usufruto de imóvel arrematado em leilão

EFETIVIDADE DA EXECUÇÃO TJ-SP admite extinção de usufruto de imóvel arrematado em leilão 17 de outubro de 2018, 10h29 Por Tadeu Rover Segundo o processo, para fraudar a execução, o devedor simulou uma doação do imóvel aos filhos, reservando o usufruto vitalício a ele e à sua mulher. Leia em...
Leia mais

Homem deve indenizar ex-mulher por traição

Dano moral Homem deve indenizar ex-mulher por traição Juíza considerou que a infidelidade se deu com pessoa que era considerada da família e que trabalhava na empresa pertencente à autora. quinta-feira, 17 de janeiro de 2019 A juíza de Direito Clarissa Somesom Tauk, da 5ª vara da Família e...
Leia mais

Previdência para amantes: descalabro jurídico

Previdência para amantes: descalabro jurídico          Regina Beatriz Tavares da Silva* 17 Janeiro 2019 | 06h00 Em vários artigos anteriores (como aqui, aqui e aqui) já salientei a importância do julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF) dos Recursos...
Leia mais

Artigo – É meu, seu ou nosso? – Por Marcia Dessen

Artigo – É meu, seu ou nosso? – Por Marcia Dessen Evite conflitos e escolha, antes de casar, o regime da comunhão de bens Nem sempre um casal decide e planeja o casamento. Muitas vezes, acontece aos poucos, e, de repente, estão casados ou vivendo em união estável. Independentemente da forma ou da...
Leia mais

O divórcio do homem mais rico do mundo e o pacto antenupcial

O divórcio do homem mais rico do mundo e o pacto antenupcial          Lucas Marshall Santos Amaral 11 Janeiro 2019 | 04h00 Jeff Bezos e MacKenzie Bezos estão casados há 25 anos. Foi nesse período que ele se tornou o homem mais rico do mundo. Porém, a vida de...
Leia mais

Afeto como elemento basilar da relação familiar

Afeto como elemento basilar da relação familiar    10/01/19 ÀS 00:00 André Vieira Saraiva de Medeiros A família sofreu inúmeras modificações ao longo dos anos e – por consequência do processo evolutivo – a concepção de parentalidade foi extensivamente alterada, sob influência direta da...
Leia mais
Dúvidas, consulte as fontes indicadas. Todos os direitos reservados